9 razões porque o Android é melhor que o iPhone

Na hora de comprar um celular novo, surge aquela dúvida: o que é melhor? Um smartphone com o sistema operacional Android, do Google, ou com iOS, da Apple?

Neste artigo, reunimos nove razões pelas quais o Android pode ser mais útil no dia a dia que um iPhone. Há quem prefira o “celular ícone” criado por Steve Jobs, como o nosso colega Tom Clarke, editor da versão inglesa do Softonic.

Porém, chegou o momento de elencar alguns bons motivos que fazem toda diferença na vida de quem tem um Android e que, infelizmente, não estão presentes – ao menos oficialmente – no cotidiano de quem tem um iPhone. Vamos lá!

1. Transferir arquivos via Bluetooth

Se o seu telefone é Android e tem Bluetooth, você pode transferir arquivos como fotos e músicas para o celular de qualquer pessoa com a mesma função – exceto se for um iPhone. Quem tem um celular da Apple só pode transferir arquivos entre iPhones e, se quiserem “furar” esse círculo, tem de recorrer a opções como e-mail, mensagem multimídia, redes sociais ou sites de armazenamento.

2. Criar ringtones próprios

Se você tem um Android, é possível gravar a voz da sua mãe e usá-la como ringtone no celular. Assim, sempre que ela ligar para você, dá para saber na hora quem é. No iPhone, a máxima personalização que você consegue é transformar em ringtone sua canção favorita – desde que ela esteja disponível na App Store, a loja oficial online da Apple.

3. Usar teclados alternativos

Quem nunca teve problemas na hora de digitar? É letra clicada sem querer, é o sistema de sugestão de palavra que não funciona… No Android, se você não gostar do teclado “de fábrica”, é possível baixar aplicativos com teclados alternativos. No iPhone, essa possibilidade não existe. É o teclado original ou nada.

4. Há mais opções de hardware

A Apple lançou até o momento cinco modelos de iPhone, aparelhos que se sucedem e seguem uma ordem crescente de evolução de hardware. De acordo com o Google, há 176 modelos de smartphones com a plataforma Android (de fabricantes que mantêm acordo com a empresa).

Há de tudo dentro desse leque de aparelhos: os menos e os mais potentes, alguns de tela grande e outros com visor pequeno, modelos baratos e caros. São muitas as opções e você pode escolher aquela que melhor se encaixa no que você procura. Qual a razão de ter um hardware de ponta se você só vai usar um ou dois aplicativos do telefone?

5. Uso de widgets

O Android permite que você coloque widgets nas telas do celular. Os widgets são programas em formato de janelas ou atalhos com dados que se atualizam com frequência, por exemplo, calendários e previsão do tempo. O recurso faz a gente economizar bastante tempo, pois dispensa a necessidade de abrir um determinado aplicativo para consultar a informação desejada. Por enquanto, o iPhone ainda não trabalha com widgets.

6. Liberdade no uso de conteúdo multimídia

Uma das grandes vantagens do Android é que você é livre para usar conteúdos como música e filmes do jeito que quiser. Dá para transferi-los ao celular, curtir o material, enviá-los para outros computadores e, melhor ainda, é fácil gerenciar esses arquivos.

No iPhone você só tem a possibilidade de rodar esse material, sem que seja possível fazer maior uso deles. Com o iPhone 4S e o serviço iCloud, dá para transferi-los para outros dispositivos da Apple que tenham associada a mesma conta do iTunes, mas o processo ainda é cheio de travas.

7. Aplicativos verdadeiramente multitarefa

O iPhone 4S reduziu o atraso com relação ao Android ao permitir que os aplicativos funcionem simultaneamente. Mas essa capacidade multitarefa precisa estar ligada a sete atividades específicas, por exemplo o áudio de fundo e as notificações push. Já o Android é mais completo neste sentido e conta com uma verdadeira habilidade multitarefa, funcionando mais ou menos como um PC.

8. Personalização completa do celular

Esta é uma das principais razões que levam os que curtem smartphones a optar pelo Android. O sistema operacional permite personalizar todos os detalhes do telefone, enquanto outras plataformas não. O iPhone, por exemplo, não deixa personalizar seu sistema operacional iOS.

As ROMs customizadas do Android nada mais são do que modificações da versão original do sistema. Essas ROMs alteram toda a aparência do celular e ainda vêm com recursos especiais como melhores notificações, discagem inteligente e aplicativos de música e de fotos mais eficazes que os originais. Entre essas ROMs, as mais populares são a CyanogenMod e a MIUI.

Já quem tem um iPhone, se quiser experimentar alguma modificação na interface, só pode fazer isso depois de fazer jailbreak no telefone, isto é, desbloquear o aparelho.

9. Instalar os aplicativos que você quiser

O usuário de iPhone pode baixar apps apenas da loja oficial da Apple, a App Store. Isso faz com que se vejam impedidos de usar aplicativos realmente úteis mas que são oferecidos por outros meios alternativos à App Store.

Quem tem um Android pode baixar o que quiser no Softonic, usar o Moba para encontrar os melhores aplicativos e instalar aplicativos de terceiros sem problemas.

Carregando comentários