|

Consiga emprego via Facebook e TwitterNão é novidade que o pessoal de recursos humanos de empresas visita nossas páginas nas redes sociais para avaliar se nosso perfil se encaixa na vaga desejada. Mas o que você faz para aumentar o interesse dos recrutadores por sua candidatura?

Para ajudá-lo a transformar uma simples seleção em carteira assinada, o Softonic reuniu algumas dicas para você otimizar suas informações em redes como o Facebook e o Twitter, e nunca mais deixar escapar oportunidades do tipo.

O post foi elaborado com informações da pesquisa Jobvite Social Recruiting Survey 2011, resultado de entrevistas que a companhia Jobvite fez com mais de 800 pessoas nos Estados Unidos, entre maio e junho, sobre a seleção de pessoas por meio desses sites.

1. Publique uma nota no Facebook

Quando você usa o aplicativo “Notas” do Facebook para publicar um texto, o material fica disponível mais tempo no mural dos seus amigos do que uma simples atualização. Use o recurso para abordar sua situação atual, descrever experiências anteriores e especificar interesses profissionais.

Como escrever uma nota no Facebook

Exemplo de nota profissional no Facebook

Se quiser ampliar o alcance dos dados, publique no Twitter uma versão reduzida do link da nota acompanhada por uma frase que estimule seus amigos a ver mais detalhes.

2. Divulgue suas informações profissionais

Não esqueça: vale a pena, neste último caso, incluir uma hashtag no tweet , que nada mais é do que o símbolo jogo da velha (#) seguido por uma palavra ou frase. Ela serve para marcar tópicos-chave e faz a sua mensagem aparecer em buscas temáticas.

Bitly, acortador de links para Twitter

Divulgue seu currículo no Twitter

Por exemplo, se você é operador de telemarketing, pode acrescentar uma hashtag “#telemarketing” ao final da mensagem. Assim, o tweet será mostrado pelo Twitter toda vez que alguém pesquisar a palavra “telemarketing” no site.

3. Cuide bem da sua privacidade

O Facebook permite escolher quem pode ler o conteúdo que você publica no site. Tente não ignorar este recurso e definir um nível de privacidade para suas mensagens.

Se alguma atualização for polêmica ou tiver grandes chances de ser mal-interpretada, restrinja a leitura aos seus amigos – com certeza eles vão te entender, diferentemente de quem você não conhece.

O cuidado deve ser redobrado no Twitter, já que nada do que é publicado no microblog pode ser apagado.

4. Seja “super-social”

Ser “super-social”, ou ter mais de 150 contatos em uma determinada rede social, ajuda na hora de buscar emprego. O estudo Jobvite Social Recruiting descobriu que mais de uma em cada quatro pessoas com esse perfil encontraram emprego via redes sociais.

Arranjar emprego pelo Facebook

Neste ponto, o Facebook foi o que melhor funcionou, seguido pelo Twitter e pelo LinkedIn. Assim, além de incluir informações profissionais no seu perfil, aposte por ampliar o seu círculo de amizades e contar com a força das recomendações.

5. Curta as páginas das empresas que você admira

Ao “curtir” a página da empresa onde você quer trabalhar no Facebook ou no Twitter, todas as atualizações que elas fazem aparecerão no seu mural, incluindo a oferta de vagas. A pesquisa Jobvite indica que este canal é mais usado pela área de recursos humanos do que o próprio banco de currículos das companhias.

Como curtir uma página de empresa no Facebook

Quer ir além? Comece a seguir os funcionários dessas empresas e, se perceber que alguém é acessível, entre em contato. Você pode se apresentar e perguntar se existe alguma vaga na sua área. Ter iniciativa é algo bem-vindo pela maioria dos selecionadores.

Comentados

  • |
    18/01/14

    gente eu pres de um emprego pode ser anoite ;copera ajudante de cozinha faxineira qualquer coisa

19/04/14
Seu avatar