4 formas de descobrir uma traição usando a tecnologia

Traição virtual

Além das tradicionais mudanças de comportamento de quem decide pular a cerca, hoje em dia é fácil descobrir uma traição. Você só precisa identificar os rastros virtuais deixados por quem trai. Não importa se você é o traidor ou o traído. Fique por dentro de como é possível monitorar os passos que você dá na sua vida online e mantenha sob controle os bisbilhoteiros de plantão.

1. Histórico do chat

Este já é um clássico entre desconfiados e ciumentos. Tanto o finado MSN como o seu sucessor, o Skype, permitem gravar uma cópia de todas as conversas mantidas por meio do programa.

Se você habilitou essa função sem querer, pode estar certo de que, se rolar uma desconfiança, seu parceiro vai abrir esses arquivos para ver se há algo suspeito.

Para desabilitá-la no Skype, siga o caminho “Ferramentas » Opções » Privacidade » Exibir opções avançadas” e escolha a opção “sem histórico” na seção “Manter histórico por”. Para garantir que nenhum rastro ficou para trás, clique em “Limpar histórico” e em seguida em “Excluir”.

2. Mensagens de celular

O namorado ou a namorada foi tomar banho e lá vai a pessoa fuçar o celular alheio deixado no bolso da calça, para ver o registro de chamadas e conferir se há alguma mensagem incomum.

Para evitar este tipo de problema, o jeito mais fácil é apagar com regularidade seus SMSs e a lista de ligações. Mas se não quiser ser tão dramático, um simples bloqueio do telefone com senha ajuda a evitar o acesso dos enxeridos de plantão. No iPhone, vá em “Ajustes » Geral » Bloqueio por Código” e escolha a sua senha com quatro dígitos. O Android também possui uma função semelhante, mas você pode reforçar a segurança do aparelho com programas como o MagicLocker Main e o GO Locker.

Quem tem celular Java, uma alternativa é baixar o aplicativo SafeTxt, que transforma as mensagens em conteúdos cifrados. Assim, você garante privacidade total no celular.

3. Palavras “queima-filme” sugeridas pelo Google

Muitos sites de busca, especialmente o Google, utilizam dados armazenados pelo navegador de internet para sugerir palavras quando você está pesquisando algo.

Se você visitou um portal de namoro chamado “dating”, por exemplo, quando fizer uma nova pesquisa no Google que comece com a palavra “d”, pode ter certeza de que o site vai recomendar a mesma palavra “dating” para autocompletar o texto.

Se a pessoa com quem você estiver saindo for antenada, ela desconfiará. O bom é que dá para desativar as sugestões de busca do Google baseadas no comportamento do usuário. Os passos são os seguintes:

  1. Faça uma busca qualquer no Google
  2. Clique no ícone da engrenagem, no canto superior direito da página de resultados, e selecione a opção “Histórico da web”
  3. Clique no link “Desativar personalizações baseadas na atividade de pesquisa.”

4. Cache do navegador

Os navegadores de internet salvam o endereço dos sites que você visita, memorizam senhas e formulários e salvam pesquisas realizadas na rede para evitar que você redigite tudo da próxima vez que usar o computador.

Se você está sob suspeita, o recomendado é impedir que alguém veja esses dados e tire conclusões precipitadas. Você pode fazer isso apagando toda essa informação no navegador que você usa e configurando o programa usado para que não guarde nenhuma informação confidencial, por exemplo senhas e números de documentos.

Firefox

Para apagar todo o histórico, vá em “Firefox » Histórico » Limpar dados de navegação…”. Na janela aberta, escolha o período e os itens que deseja excluir e clique no botão “Limpar agora”. Para não permitir que o Firefox continue guardando os dados, acesse “Firefox » Opções > Opções” e vá até a aba “Privacidade”. Em seguida, na seção “Memorizar dados pessoais”, selecione a opção “Nunca memorizar”.

Google Chrome

Para apagar o histórico de navegação guardado pelo Chrome, acesse “Ferramentas » Limpar dados de navegação…”, escolha o período e os itens que quer excluir e depois aperte o botão “Limpar dados de navegação”. Para ajustar as configurações de privacidade do Google, é preciso acessar o menu “Configurações” e clicar em “Mostrar configurações avançadas…”. A partir daí, você ativa e desativa as opções de acordo com sua necessidade e evita que o Chrome se transforme num dedo-duro de tudo o que você faz na internet.

Internet Explorer

O caminho para excluir o histórico no Internet Explorer é “Segurança » Excluir Histórico de Navegação…”. Na janela, selecione tudo o que deseja apagar e clique em “Excluir”. Na aba “Geral” de “Opções da Internet”, você pode marcar a caixa “Excluir histórico de navegação ao sair” para limpar o cache sempre que fechar o navegador. Ainda, ao acessar as configurações, é possível definir quantos dias você permite que o Internet Explorer guarde a lista de sites visitados.

Carregando comentários