|

O lançamento do iOS 7 feito pela Apple foi muito interessante. Não apenas porque o sistema operacional do iPhone foi atualizado, mas principalmente porque significa uma mudança drástica na interface e na experiência do usuário.

Na minha opinião, o iOS 7 é para a Apple o que o lançamento Ice Cream Sandwich representou para celulares Android. É, sobretudo, uma revisão profunda da interface visual e uma melhora significativa da experiência do usuário.

A organização dos aplicativos em grade ainda é a característica principal do iOS 7, mas a chegada do Centro de Controle e do Siri - que saiu do beta - mostra que a Apple está consciente das mudanças no ecossistema dos celulares. Apesar de ser fácil argumentar que a Apple copiou funções já existentes nos aparelhos Android, os dois sistemas operativos seguirão coexistindo.

Com os desenvolvedores criando apps para ambas as plataformas, a escolha entre Android e iPhone se resume mais ao gosto pessoal e não à falta de funções.

Mas com o novo iOS 7, como o iPhone se compara ao Android?

Tela Inicial

iOS 7

A interface de usuário do iOS 7 é uma grande mudança com relação ao iOS 6. O novo sistema inclui fundos de tela animados e dinâmicos que se movem conforme o acelerômetro. Os fundos de tela customizados também podem se mover ligeiramente, assim como as fotos tiradas em modo panorâmico através do app nativo Câmera. Se os fundos de tela animados não te interessam, você ainda pode configurar os seus próprios.

Muita atenção foi dada ao novo design plano nos ícones e menus. O visual skeumórfico foi removido do iOS 7 e, no geral, está bem elegante. A Apple levou tempo em redesenhar os ícones dando um ar novo a todos eles.

Uma constante que ainda permanece é a organização para apps e pastas. Ao adicionar múltiplas páginas dentro das pastas, a Apple passou a permitir que mais de nove apps possam ser agrupados. Ainda pode ser confuso um monte de apps juntos, mas pelo menos agora você pode ter todos os seus jogos em apenas um lugar, em vez de espalhar tudo em diferentes lugares. As pastas estão bem desenhadas para telas menores, mas, como mostrado acima, no iPad elas ficam com diversos espaços não utilizados.

Android 4.3

No 4.0 (Ice Cream Sandwich), o Android introduziu o esquema de design "Holo" para dar um visual uniforme ao sistema operacional. E isso continua no 4.3 com a fonte "Roboto" sendo aplicada em mais apps de terceiros. Mas se o stock launcher não for sua preferência, você tem a possibilidade de instalar um launcher para mudar o aspecto visual. Existem esquemas completos como o KakaoHome e o Facebook Home que alteram completamente a interface do Android.

Sempre houve mais opções para customização no Android que no iOS. A capacidade de colocar apps e widgets em várias telas de início é fantástica. Widget é um critério onde o Android é melhor que o iOS. Tudo bem que existem diversos widgets que são inúteis, mas o do Google Now é uma fonte excelente de informação, se você usa os serviços do Google em qualquer plataforma.

No Android 4.3 também é possível organizar os apps em pastas. Porém, em vez de deslizar por meio de diferentes páginas, os apps ficam alinhados dentro da pasta. Isso pode deixar a pasta cheia, mas também permite que mais apps sejam adicionados. Outro ponto positivo é que o Android permite um nível enorme de minimalismo. Se você não quiser apps na sua tela inicial, não é preciso mantê-los aí.

Notificações

iOS 7

As notificações foram introduzidas na versão 5 do iOS. A usabilidade das notificações ainda é um pouco limitada porque se trata apenas de informação. A interatividade é reduzida porque você apenas clica e abre o app correspondente, e não pode fazer muito mais além de descartá-las. Dependendo de quantos apps você permite enviar notificações, a tela pode ficar cheia rapidamente.

O ponto positivo é que os eventos agendados no Calendário são mostrados na lista de notificações, e o acesso é rápido. A customização de alertas pode ser apresentada por meio de um aviso no topo da tela ou em um alerta centralizado. Ter a possibilidade de visualizar as notificações na tela de bloqueio também é uma grande vantagem para checar os alertas rapidamente.

A Apple apresenta uma grande desvantagem relacionada à usabilidade das notificações por não incluir no sistema operacional funcionalidades como "Compartilhar no Twitter". E os usuários não verão nada parecido com isso enquanto a empresa não abrir o sistema para apps de terceiros.

Android 4.3

As notificações no Android se tornaram uma maneira muito fácil de interagir rapidamente com os apps conectados. A melhor integração vem dos apps do Google, obviamente, mas a interação as redes sociais como o Twitter e Facebook vêm melhorando ao longo do tempo.

Existe um rumor de que o Android abrirá totalmente de forma a permitir que terceiros utilizem as notificações para oferecer mais ações a partir do menu, em ver de ter que abrir o aplicativo. Os aparelhos com Android 4.1 ou superior suportam o Google Now e as notificações fornecidas por esse serviço do Google Search são bastante úteis ao oferecer um pacote mais completo de informações.

O Android, atualmente, tem a dianteira no quesito notificações, um recurso que tem se tornado cada vez mais mais importante nos sistemas operacionais móveis. É muito mais fácil ver uma mensagem rápida do que ter que abrir um aplicativo constantemente para checar as atualizações.

Configurações Rápidas

iOS 7

Quando eu vi o Centro de Controle pela primeira vez em um prematuro iOS 7 Beta, fiquei confuso. O novo conjunto de ícones não tinha um propósito exatamente claro, como por exemplo o temporizador. Por outro lado, é mais inteligente para todos os usuários trazer as configurações mais utilizadas para um menu de fácil acesso. Poder ativar o "Modo Avião" ou o "Não Perturbe" e controlar a rotação da tela num único lugar é mais útil que abrir o "Ajustes" e selecionar as diferentes opções.

Acho questionável a Apple incluir os controles de áudio dentro das configurações rápidas. É estranho porque os controles são persistentes, mesmo que não haja nenhuma música tocando. Se a decisão de colocar configurações permanentes foi tomada para manter um design constante, então eu acho que funciona, mas parece um desperdício de espaço se não tiver nada tocando. Os desenvolvedores de apps terão que se certificar de que passar o dedo na horizontal e vertical será bem testado em seus apps, para evitar que o usuário não ative sem querer as notificações e o Centro de Controle.

Agora, pelo menos, os usuários do iOS podem usar as configurações comuns de forma mais rápida.

Android 4.3

Olhando para o meu tablet Android, é engraçado que eu não use o menu das configurações rápidas no Android 4.3, mas use o widget para ligar e desligar diversos recursos. A grande diferença das configurações rápidas do Android é que elas estão enfocadas apenas nas configurações do sistema, e não em outros apps que são deixados no menu de notificações.

Você pode controlar o brilho, o Wi-Fi, a rotação e o modo avião, entre outros. Existe também o acesso às configurações, caso você precise acessar outra função não disponível ali.

Em geral, o menu de configurações rápidas é uma parte útil do Android, mas já que você pode usar um widget para acessar as mesmas opções, muitas vezes não é necessário usar o recurso.

Segurança

iOS 7

A nova opção de segurança atualizada no iOS 7 é um scanner de impressão digital embutido no iPhone 5S. Isso permite usar seu dedo para desbloquear o aparelho. Antes, a única opção de software de segurança era uma senha de 4 dígitos. Mesmo com o Buscar meu iPhone, as opções de segurança que vêm no aparelho não são tão robustas como deveriam ser.

Não se tem conhecimento de nenhuma falha do novo bloqueio de impressões digitais, mas assim que os novos aparelhos estejam nas mãos da comunidade de desenvolvedores do iOS, pode ser que surjam alguns detalhes que a Apple terá que resolver.

Android 4.3

Existem múltiplas opções de segurança no Android 4.3. Enquanto alguns deles são um simples bloqueio de tela, outros como o Face Unlock, Pattern, Pin, e Password, oferecem diferentes formas de proteger seu aparelho. O Android Device Manager também permite localizar e apagar todos os dados do seu aparelho se ele for roubado ou perdido. Se observamos os dispositivos de segurança que já vêm instalados originalmente no aparelho, o Android oferece um pouco mais de opções.

Uma questão de escolha pessoal

Por ser uma atualização quase totalmente enfocada no aspecto visual, o iOS 7 ainda mantém a essência das versões passadas. Restam diversas melhorias por fazer, especialmente no que diz respeito à experiência do usuário. Ainda que muitas delas não sejam tão óbvias a princípio, essas mudanças devem melhorar como o iOS funciona para você.

O Android continua a refinar o sistema operacional introduzido no Android 4.0. Como o Android ainda permanece na geração "4", o Google não enxerga as atualizações apresentadas até agora como merecedoras de mudar o número de versão do sistema. O Android 4.4 KitKat está no horizonte, e o Google está combatendo ativamente a fragmentação existente na plataforma.

Enquanto antes era fácil argumentar contra ou a favor de qualquer um dos sistemas operacionais, hoje em dia eles oferecem essencialmente a mesma experiência no que diz respeito à produtividade, utilidade e comunicação. As opções exclusivas de cada sistema já não são tão relevantes como eram anteriormente.

Neste momento, tanto se você escolher o Android como o iOS, verá que as opções disponíveis em ambos satisfazem as suas necessidades.

E se você ainda não se decidiu, leia algumas das novidades do iOS 7 e o nosso guia completo para iniciantes do Android.

[Artigo original em inglês]

Comentados

  • christian.balzano1 |
    05/02/14
    christian.balzano1

    Matéria tendenciosa pelo lado do Android. Tive os dois sistemas, IOS é limitado em termos de customização, somente isso. De resto da um banho no Android.

    Android parece um Windows, quanto mais apps você tem mais recursos de memória são usados, vários apps rodam em segundo plano sem sua autorização e só limpar memória RAM não adianta, todos eles reabrem novamente. Daí é preciso instalar outros apps de gerenciamento para remover apps escondidos. Por não ter um controle no desenvolvimento dos Apps independentes, todos abusam da sua rede de dados, do seu gps e tudo isso consome considerávelmente sua bateria. É preciso ter inúmeros apps para controlar o sistema de forma plena.

    IOS é leve, intuitivo e você controla absolutamente as notificações, o push e softwares de segundo plano. Ninguém utiliza os recursos do aparelho sem sua autorização.

    A Play Store do Google tem os aplicativos mais idiotas que existem e todos estão entre os ítens mais baixados. Os apps pagos são absurdamente caros, preços que variam entre 9 reais, 20 reais e até 200 reais. Já na App Store a grande maioria dos apps pagos custam míseros 0,99 cents. Os apps da Apple são melhores desenvolvidos, menos bugs e mais criteriosos.

    Android só ganha na custumização, colocar firulas de widgets que só pesam, os launchers são bonitos mas também detona memória e rendimento do celular. Um simples discador demora segundos preciosos para abrir, apenas para efetuar uma ligação.

    Android tem potencial mas está longe de ser um sistema estável, leve e intuitivo.

  • moises.balbino.319 |
    04/11/14
    moises.balbino.319

    isso e otimo

18/12/14
Seu avatar