|

Não adianta tentar fugir: as senhas já dominaram a nossa vida e é impossível viver sem elas. Não acredita? O que seria de você sem cartão do banco, celular, e-mail, internet, redes sociais e etc? Além, é claro, de outros serviços que usamos e requerem senha.

Já ouviu falar em senhas fortes e fracas? Alguns pequenos detalhes na hora de criar uma senha são importantíssimos para que você não sofra com alguma das muitas ameaças que existem na rede. A seguir, contamos um pouco como evitar surpresas desagradáveis com sua senha:

Como se roubam as senhas?

É preciso conhecer o inimigo para combatê-lo. Ainda que possa parecer exagero, ter consciência de quais métodos são usados por gente mal intencionada é fundamental.

  • Keyloggers: mesmo sendo programas muito úteis para recuperar dados perdidos - entre eles senhas - pessoas mal-intencionadas usam estes aplicativos e gravam todos os caracteres digitados na máquina.
  • Senhas salvas: estão armazenadas no computador. Não é necessário usar um keylogger para acessá-las.
  • Senha única: se você usa sempre a mesma senha para diferentes serviços, um webmaster mal intencionado poderia roubá-la e iniciar seção em outras páginas. Tente usar senhas diferentes sempre que possível.
  • Senha previsível: datas de nascimento, nome dos filhos, da sua cidade, do seu cachorro... Qualquer palavra que alguém que conheça o mínimo sobre você possa usar.
  • Listas de palavras: são listas - gigantes - de palavras e senhas comuns e que são provadas incessantemente até que se consiga iniciar seção. Também é conhecido como Ataque de Dicionário ou Worldlist.
  • Ataque de força bruta: uma tática alternativa para quebrar qualquer dado cifrado. Consiste em provar todas as combinações de caracteres possíveis. Requer máquinas extremamente potentes e muito tempo.
  • Engenharia social: às vezes, não é necessário ser um cracker para ter acesso a uma senha. Um recado colado no monitor, um papelzinho com a senha anotada ou o colega de TI que pediu sua senha para fazer algum tipo de manutenção: basta um pequeno descuido para que alguém roube seu segredo.

O que é uma senha segura?

Segurança é um conceito relativo. Entretanto, uma senha segura deveria cumprir alguns requisitos mínimos. São eles:

  • Tamanho mínimo de oito caracteres;
  • Letras maiúsculas e minúsculas;
  • Incluir números;
  • Incluir caracteres pouco comuns: ç, ã, $, % etc;
  • Que não seja uma palavra do dicionário;
  • Que ao fazer uma busca no Google o resultado seja zero.

Como criar uma senha segura?

É muito mais fácil do que se imagina e, acredite, por mais complicada que seja a senha, você conseguirá memorizá-la. Existem geradores de senha que ajudam ainda mais no processo. Claro que você não precisa criar uma senha do tipo 1ñCb7Hä(-_)`+áç36K}* e passar um sofrimento danado cada vez que quiser checar o seu e-mail ou sua rede social favorita.

Criar uma senha segura é simples: uma palavra ou frase, com um tamanho e uma complexidade mínimos, que só você conheça. Se você fizer isso, certeza que nunca terá problemas.

Páginas como o Password Meter dão uma força e analisam sua senha grátis e muito rapidamente.

Ao invés de palavras, frases

Como comentamos antes, a melhor maneira é usar informações que somente você saiba. Por exemplo: imagine que você tem um pastor alemão chamado Rex e que o bicho adora comer laranjas vindas diretamente de Limeira.

Se você usar "Rex" como senha no Password Meter, o resultado será de ridículos 13% de segurança. Além disso, alguém que quisesse roubar a sua senha e conhecesse você, provaria o nome do dogue na hora.

Use a criatividade: "RexLaranjas" - já subimos o nível de segurança para 40% e essa senha é, provavelmente, bizarra o suficiente para que pouca gente faça uma busca.

Para dificultar ainda mais a vida de quem quer gatunar o seu segredo, que tal acrescentar um C cedilha e dois números? Por exemplo: "Rex25LaranjasÇ" - bingo, 100% segura e fácil de lembrar.

Mas, e no Google? Qual foi o resultado? Aí está:

Então, não esqueça: a senha deve ter sentido para que você possa memorizá-la facilmente. Além disso, as dicas acima são mais do que suficientes para que você jamais tenha problemas com crackers.

Testou sua senha no PasswordMeter? Qual pontuação você conseguiu?

Comentados

  • charles |
    17/10/11
    charles

    muito bom me ajudou a proteger meu perfil do face book

  • eu |
    11/07/12
    eu

    muito obrigada (:

  • mtoputodavida |
    21/05/13
    mtoputodavida

    Sabe hoje em dia NAO pode se confiar em ninguém...

  • Alguem |
    14/07/13
    Alguem

    Sim,adorei o seu site.. lol

  • ferreirapau |
    20/04/14
    ferreirapau

    BOM ESXEMPLO

23/10/14
Seu avatar