20 processos do Windows que você pode matar

20 processos do Windows que você pode matar

No Windows, todos os processos são listados no Gerenciador de Tarefas. Entre os processos que mais consomem recursos, estão alguns vitais e outros que podem ser desligados sem problemas. Então, quais processos podemos eliminar para agilizar o sistema? Nesta matéria, nós vamos mostrar 20 processos desnecessários.

Nós iremos dividir os processos em cinco categorias distintas para ajudar a identificação de cada um: inicializadores rápidos, atualizações de programas, processos de fabricante de hardware, processos de software e processos do Windows. Para cada um deles, você encontrará uma breve explicação.

Inicialização rápidos

Quickstarters, ou inicializadores rápidos, deixam uma parte do programa pré-carregada para ser aberta mais rápido depois. Se você não abre e fecha o mesmo programa várias vezes, o processo é dispensável.

  • reader_sl.exe é parte do Adobe Reader e significa Adobe Acrobat Speed Launcher. O processo acelera o tempo de abertura do aplicativo, mas geralmente não é necessário.
  • jqs.exe acelera a inicialização de todos programas que trabalham com Java. O Java Quick Starter realmente não é necessário.
  • Osa.exe agiliza a abertura de alguns programas do Microsoft Office no Windows XP e fixa certas funções do Office no menu iniciar. O Office Source Engine pode interessar a maioria dos usuários comuns, mas não todos.
  • soffice.exe tem o mesmo propósito do Osa.exe, mas para o StarOffice e o OpenOffice.

Atualização de programas

Gerenciadores de atualização procuram novas versões de seus programas periodicamente. Para reduzir o consumo de memória, você pode mudar as opções de update e procurar por novas versões quando abrir o programa  – normalmente existe o recurso no próprio software. Enquanto isso, você pode finalizar todos os processos abaixo.

  • AdobeARM.exe pertence ao Adobe Acrobat e o Adobe Reader. O processo roda em paralelo com outros serviços e pesquisa por novas versões dos produtos da Adobe.
  • AAM Update Notifier.exe pertence ao Adobe Creative Suite. O gerenciador de processos atualiza diversos programas da Adobe.
  • Jusched.exe significa Java Update Scheduler (agendador de atualizações Java). Uma vez por mês, o processo busca por novas versões do Java, algo bastante esporádico para um plugin bastante ativo.
  • DivXUpdate.exe roda no background e busca versões do DivX Plus. Você pode encerrar o atualizador sem problemas; ele é iniciado automaticamente ao abrir qualquer programa DivX.

Processos para fabricantes de hardware

Os fabricantes de hardware oferecem programas e drivers apropriados para os dispositivos. Muitos recursos adicionais são automaticamente instalados no computador, mas eles não úteis em grande parte dos casos.

  • NeroCheck.exe procura por drivers que estão em conflito com o Nero Express, Nero e o NeroVision Express. Você pode iniciar o programa manualmente, se for necessário.
  • HKCMD.exe acompanha o hardware da Intel. O processo permite ao usuário alocar qualquer função para o teclado, mas também aumenta a lentidão do sistema.
  • atiptaxx.exe/ati2evxx.exe vem com os drivers das placas de vídeos ATI. O processo fornece acesso rápido para as configurações gráficas da placa na barra de tarefas ou em atalhos.
  • RAVCpl64.exe significa Realtek HD Audio Manager. O processo detecta qual dispositivo de áudio está conectado no computador. Inclusive fones de ouvido e microfones. Convenientemente, os dispositivos são reconhecidos sem precisar do processo.  Ele é executado de qualquer maneira.
  • Nwiz.exe geralmente acompanha as placas de vídeos NVIDIA. Qualquer pessoa que usar as funções do Nvidia nView precisa do processo ativo. Fora isto, é desnecessário.
  • CCC.exe acompanha o ATI Catalyst Control Centre. Para gamers e usuários que precisam configurar a placa de vídeo para um grande desempenho, é recomendável; para qualquer outra pessoa, não é necessário.
  • SynTPEnh.exe é usado em muitos laptops e drivers com touchpads, mas o Windows consegue fornecer o mesmo processo. Além disso, o Synaptics TouchPad Enhancements é conhecido por estabilizar alguns problemas decorrentes.

Processos de softwares

Além das atualizações, muitos programas oferecem serviços em segundo plano. Qualquer pessoa que decida verificar a necessidade de cada um vai precisar de atalhos no menu iniciar.

  • winampa.exe traz o Winamp para a barra de tarefas e mantém qualquer outro programa de mídia não esteja conectado à ele.
  • iTunesHelper.exe/iPodService.exe trabalha nos bastidores do iTunes e QuickTime. Se o processo roda sem esses programas, ele pode ser desabilitado com segurança – o iTunes tem autonomia para iniciá-lo automaticamente.
  • OSPPSVC.exe vem com o Microsoft Office 2010. O Office Software Protection Plataform verifica se a licença continua válida.

Processos do Windows

O Windows também possui uma lista numerosa de processos interessantes e processos que consomem muitos recursos. Decida por você mesmo o que fazer com eles.

  • Sidebar.exe refere-se aos widgets do Windws 7 e Vista, mas consome muita memória. Qualquer um que não use os widgets pode encerrar o Sidebar.exe.
  • wmpnetwk.exe busca por arquivos de mídia na rede para aumentar a biblioteca do Windows Media Player. Se você tem outro reprodutor, ou não quer procurar por novos arquivos, pare o serviço.

Encontre mais informações e explicações dos processos

Se você tem mais perguntas sobre os processos e sobre as funções desempenhadas por eles,  é possível consultar diversos bancos de dados. Lembre-se: muitos bancos de dados são compilados por usuários, por isso é importante pesquisar em muitas fontes diferentes.

  • I am not a geek – sobre os processos e os perigos
  • Neubert – com menos conteúdo e sem função de pesquisa
  • Searchtasks – com função de pesquisa e recomendações sobre os processos

Confira nosso teste que mostra o efeito do excesso de programas no computador.

[Artigo original em alemão]

Carregando comentários