4 possíveis mudanças para o Windows Phone com a compra da Nokia pela Microsoft

A compra da divisão de aparelhos celulares da Nokia pela Microsoft marca o nascimento de um novo gigante das telecomunicações. Trata-se de um grande marco para a empresa e, provavelmente, um dos maiores e mais importantes negócios do setor móvel neste século.

Mas o que isso pode significar para a Microsoft? Vejamos juntos quais características do Windows Phone poderiam mudar a partir dessa aquisição.

1. Bing Apps como aplicativos pré-determinados

Bing AppsTela do aplicativo Bing Weather

Em agosto passado, a Microsoft apresentava as versões para o Windows Phone 8 dos seus Bing Apps: Notícias, Finanças, Tempo e Esportes. No futuro, essa coleção de aplicativos poderia se ampliar e estaria pré-instalada, fazendo com que esses aplicativos fossem os pré-determinados nos telefones celulares da companhia.

2. Nokia HERE, um concorrente a altura do Google Maps e do Apple Maps

Nokia HEREApp Nokia HERE em celular Lumia

O Nokia HERE é, sem dúvida, um dos melhores mapas GPS para celulares. O app ficou sob o controle da companhia finlandesa, mas deve evoluir rapidamente graças à contribuição de novas patentes proporcionadas pela Microsoft. O gigante americano, de sua parte, se comprometeu a usar o serviço da Nokia em seus próximos aparelhos celulares. Resumindo, o serviço de mapas deve se desenvolver com rapidez para concorrer com os mapas do Google e da Apple.

3. Unificar a experiência de usuário em smartphones, computadores e Xbox

A Microsoft espera se apoiar nos telefones populares da Nokia para mostrar aos novos usuários a experiência do sistema operativo do Windows Phone. Como consequência, não seria surpresa ver em um futuro próximo os serviços da Microsoft, como o Drive, Xbox Music ou Skype, presentes nos telefones populares da companhia.

4. Windows Phone, mais estável, mais atrativo e mais rápido

Surface Phone concept by Jonas DaehnertConceito de Surface Phone por Jonas Daehnert

Ao controlar simultaneamente o software e o suporte físico dos seus aparelhos celulares, a Microsoft será capaz de realmente potencializar a experiência do usuário, de forma semelhante ao que já faz a Apple com o iOS e o iPhone.

O Windows Phone com certeza vai se beneficiar dessas mudanças, que permitirão atualizações mais frequentes e uma melhor integração entre o sistema operativo e os dispositivos. Não seria loucura imaginar que o Windows Phone possa chegar a se converter em um potente rival do Android e do iOS.

[Artigo original em francês]

Artigo relacionado:

A Microsoft Compra a Nokia: o que vai acontecer com o meu celular?

Carregando comentários