7 coisas do Windows que me irritam

Amo o Windows, mas mais de uma vez ele pregou uma peça em mim. Esta é uma lista das 7 coisas que mais me irritam no meu dia a dia com o sistema operacional.

Claro que, mais de uma vez, você ficou tentado a bater no teclado e jogar seu laptop pela janela. É normal. Mais de uma vez o PC o irritou, por exemplo, perdendo alterações no Word ou reiniciando o sistema sem a sua permissão. Nessas horas, tudo o que você pode fazer é controlar a vontade de quebrar o computador, soltar um palavrão e tentar fazer com que o problema não aconteça novamente.

Esta é a minha lista pessoal das 7 coisas que mais me irritam, e algumas dicas para evitá-las sempre que possível.

Programas que exigem reiniciar ou fechar o navegador

Quem já instalou o Office ou qualquer outro software da Adobe sabe do que estou falando. Os programas de instalação se negam a continuar se você não fechar completamente todos os navegadores ou reiniciar o PC.

Não faz diferença se você tem 30 abas abertas, um download pela metade, esteja carregando um álbum de fotos no Facebook ou tenha um artigo ainda por terminar: você tem que fechar tudo! O pior é que, na maioria dos casos, o encerramento só é necessário para instalar plugins ou extensões no navegador que, provavelmente, você nem queira usar.

Não há solução para estes programas que querem que você feche o navegador. Tudo o que se pode fazer é confiar na opção de restaurar as abas do Chrome e do Firefox. No Chrome, a opção é continuar a partir de onde parou, na seção Iniciar. No Firefox, chama-se Mostrar as minhas janelas e abas da última sessão, na guia Geral.

Notificações de bobagens por e-mail

Há alguns anos, as notificações de e-mail eram muito interessantes: Fulaninho deixou uma mensagem para você no Facebook, Beltrano juntou-se ao LinkedIn e Cicrano comentou no YouTube. Legal.

Hoje, existem outros métodos mais eficazes de notificação. Ainda assim, Facebook, Twitter e Google+ continuam enchendo sua caixa de e-mail.

O Google fez uma cópia de segurança de 14 das minhas fotos. Ok.

Os e-mails recebidos podem ser controlados por você por meio da configuração de suas preferências, apesar de ser uma tarefa chata. Jura que é preciso enviar um e-mail cada vez que alguém me “cutuca”, ou mesmo quando vários amigos retuítam vagas de empresas que procuram gente como eu? Provavelmente não.

Sites com trilha sonora

Já superamos com louvor a era dos GIFs animados de arrobas 3D girando e dos banners que recomendam o uso do Netscape Navigator, mas ainda sofremos com sites com fundo musical, especialmente de hotéis, restaurantes e spas. Deixe que sua tarde seja alegrada pela música preferida de alguém.

Estas páginas, quase sempre desenvolvidas em Flash, certamente não funcionam em celulares e tablets, além de assustar quem as visita. E tem mais: se precisar abrir várias abas, a mesma música tocará em ritmos diferentes…

Já faz um tempo que o Google Chrome avisa você sobre quais abas estão fazendo barulho. Porém, o browser não permite silenciá-las. A maneira mais fácil é abrir a barra de som do Windows e silenciar o navegador ou o Flash, dependendo do caso.

Silenciando-se o Flash, o problema chega ao fim

A incompreensível interface Ribbon

A interface Ribbon, existente em algumas versões do Office, tem seus prós e contras, mas, no meu caso, nunca me convenceu. É verdade que é muito versátil e personalizável até dizer chega, mas continua sendo uma bagunça total na minha opinião.

Mesmo depois de anos trabalhando com esta interface, tenho dificuldade para encontrar algumas opções. E como já não aparecem organizadas e classificadas em menus, quando isso acontece, tenho que ficar indo de aba em aba. E o melhor: às vezes, o recurso desejado nem está disponível ali.

Certos comandos não aparecem na interface Ribbon

Na seção Opções > Personalizar barra de opções, após escolher Comandos que não estão na barra, aparecerá uma lista interminável de comandos que não figuram em lugar nenhum. Muitos deles são desnecessários, mas quando precise usá-los, será quase impossível encontrá-los.

Os aplicativos que ficam na área de notificação

Desde que o Windows 7 incluiu ícones fixos na Barra de Tarefas, o uso da Área de Notificação (ao lado do relógio) não está totalmente claro. Ambos mostram programas em funcionamento.

O que não dá para entender é o motivo pelo qual alguns programas insistem em aparecer em dois lugares ao mesmo tempo!

A única solução possível é consultar as opções de cada programa ou evitar o início automático de softwares pouco usados.

“Visualizar a Área de Trabalho” não serve para nada

Quem usa o Windows 7 com certeza já passou por isso alguma vez. Você deixa por um momento o mouse de lado e se prepara para ver algum vídeo na tela que… ploft! O vídeo desaparece e surge apenas o seu desktop.

Isso acontece graças à opção de visualizar a Área de Trabalho, no botão à direita de tudo na barra de tarefas. Ao deixar o mouse em cima dela, todas as janelas ficam transparentes e pode-se ver através do desktop. Que útil.

A opção em si não deixa de ser uma curiosidade à altura da combinação Win+Tab introduzida no Windows Vista, mas o problema é a localização do botão: justo na esquina inferior direita, um lugar onde o mouse vai parar frequentemente.

Por sorte, desativar o recurso é tão fácil como clicar com o botão direito do mouse e desmarcar Visualizar a Área de Trabalho.

A busca que não encontra nada do Windows

Diz a lenda que alguém conseguiu encontrar o arquivo que procurava graças à busca do Windows 7, mas eu não acredito. Com o Windows, passamos de ter um cachorro e um mágico nos perguntando passo a passo o que queremos procurar ao que é deprimente no Windows 7, ou ao Bing empacotado do Windows 8.1.

Ok, um quadro de busca, e o que mais?

Falando português claro, a busca do Windows é lenta e ruim, difícil de usar, pouco intuitiva e desesperadora.

Por exemplo, para procurar arquivos grandes e antigos, deve-se escrever o seguinte: “tamanho: gigantesco; data de modificação: faz muito tempo”. Muito cômodo, não acham?

Minha recomendação: se você realmente quiser encontrar algo, use programas como o UltraFileSearch. Não haverá arrependimento.

Esta foi minha seleção, porém a lista continua. O que vocês acham que deveria estar aqui?

[Artigo original em espanhol]

Carregando comentários