Android vs iPhone vs Windows Phone: qual é o melhor para jogar?

Se uma de suas prioridades no celular é jogar, revelamos com qual sistema operacional você vai passar jogando os melhores games lançados.

Com as novas versões dos três sistemas operacionais móveis que estão chegando, é possível que você queira trocar de celular. Se uma de suas atividades básicas é jogar, leia nosso comparativo para descobrir qual é o melhor S.O. jogar: Android, iOS ou Windows Phone.

Jogos disponíveis

Google Play (Android), App Store (iOS) e Windows Phone Store (WP). Basta entrar em qualquer uma delas para comprovar que as três dedicam uma parte bastante grande do catálogo aos jogos. Agora, você sabe dizer qual vence em termos de quantidade e qualidade?

Consultando estatísticas dos sites StatisticBrain, WP7Applist e AppBrain, eu selecionei os números exibidos a seguir. Cabe dizer que são dados aproximados, já que todos os dias chegam novos apps às três lojas. Pelo menos nos ajudam a ter uma ideia geral de cada loja.

Tanto o Google Play como a App Store contam cada com mais de um milhão de apps ativos em seus catálogos. Destes, quase 25% são jogos, o que daria aproximadamente 250.000 títulos por plataforma.

Não faltam jogos para o Google Play Store

Longe destes números está a Windows Phone Store, que, de seus mais de 140.000 apps, 23% deles são jogos, isto é, pouco mais que 32.000.

Windows Phone Store tem 23% do catálogo de jogos

Pois bem, quantidade nem sempre é sinônimo de qualidade. A maioria dos apps da seção Jogos são títulos de qualidade?

Se dermos uma olhada rápida nos tops games mais baixados das três lojas e nas pontuações de usuário, percebemos que o público do iOS e do Windows Phone costuma pontuar mais alto, chegando muitas vezes às 4 estrelas e meia.

No Android, as pessoas são um pouco mais exigentes e a maioria dos títulos mais baixados contam com uma média de 4 estrelas. De qualquer forma, as três lojas contam com bons parâmetros de qualidade nos games mais populares.

Usuários do Android são mais críticos se comparados aos gamers do iOS e Windows Phone

Assim, nesta primeira seção, consideramos ganhadores os dois gigantes Android e iOS, já que a diferença entre eles é praticamente imperceptível.

Jogos exclusivos

Um critério importante é descobrir se o sistema operacional do celular é compatível com os melhores títulos exclusivos.

O Android contém muitos jogos para download, mas não podemos dizer o mesmo de games exclusivos. Diferente do Google, o acervo de exclusividade é um dos pontos fortes da Apple. A empresa norte-americana realizou alguns acordos para que os títulos mais esperados chegassem primeiro no iPhone, iPad…

Plants vs. Zombies 2, da EA, e Cut The Rope 2, do ZeptoLab são dois exemplos recentes. Em ambos casos, a Apple publicou os títulos meses antes da principal rival.

Cut the Rope 2 é um bom exemplo da vantagem da Apple sobre o Google no terreno de exclusividades

A App Store também vence a disputa em jogos exclusivos com qualidade superior à média, tanto graficamente como em relação à jogabilidade.

O primeiro caso foi a saga de RPG Infinity Blade, à qual se somaram outros grandes títulos adaptados de consoles e PC: o XCom ou o Bioshock Infinite, entre outros.

XCOM: Enemy Unknow desempenhou um bom papel no iOS

O Windows Phone joga em uma liga independente neste sentido. O sistema operacional não tem muitos títulos top do Android e iOS. Por isso, esqueça games como Minecraft, Candy Crush Saga ou Modern Combat e conforme-se com clones de menor qualidade como Survival Craft, Super Sweet Crush ou Call of Dead: Modern Duty.

Super Sweet Crush para Candy Crush... e só parece

Mas existe o lado positivo: jogos exclusivos, alguns dos quais levam a denominação Xbox. Trata-se de versões adaptadas de clássicos do console como Halo: Spartan Assault ou Kinectimals. Assim, você poderá jogar em outros dispositivos além do celular quando estiver em casa.

Jogos com a tarja do Xbox na loja de aplicativos do Windows Phone

No terreno de jogos exclusivos, o iOS ganha por goleada. O Android possui poucos títulos exclusivos para convencer os usuários a mudarem da Apple Store para o Google Play. No caso do Windows Phone, os games únicos são títulos de outras plataformas que podem ser jogados no celular. Não serve de comparação.

Jogos grátis

Quantidade e qualidade são aspectos-chave para o jogador e seu bolso. Nós recomendamos prestar atenção em qual lojinha de aplicativos se gasta menos dinheiro.

Chama a atenção que muitos jogos grátis no Google Play sejam pagos na App Store. Dezenas de títulos das sagas Angry Birds, Cut the Rope ou Pou são um exemplo disso.

No Windows Phone, também acontece um pouco isso, mas com a desculpa da denominação Xbox. Você vai pagar por alguns jogos que, no Android, são grátis, como o Angry Birds.

Angry Birds no Windows Phone é pago; No Android, é gratuito

Os preços dos títulos variam pouco entre os três sistemas operacionais. Os valores são quase iguais, mesmo que seja preciso prestar atenção em ofertas pontuais para diminuir os gastos com jogos.

Com relação aos pagamentos dentro do app, as três lojas se equivalem: o valor de melhorias, ajudas ou moedas virtuais costuma ser o mesmo nos três sistemas operacionais. Neste aspecto, nenhum sistema se destaca mais que o outro.

Valor dos itens dentro dos games é o mesmo nos três sistemas operacionais

No quesito monetário, o Android é nosso claro ganhador. O motivo? Muitos jogos gratuitos que, nos rivais, são pagos.

Outros fatores

Até agora, analisamos os fatores facilmente mensuráveis. Mas o que há de valor agregado em cada um dos sistemas operacionais? Às vezes, os pequenos detalhes são os que fazem a diferença.

Promoções e ofertas

Se algum deles leva a sério o tema das promoções, é o Android. Não que o iOS e o Windows Phone não tenham ofertas, mas são muito menos visíveis que no Android, na qual há uma seção dedicada aos apps com desconto que ocupa um importante espaço na versão online do Google Play.

Google Play ressalta aplicativos em promoção

Emuladores e jogos retrô

Se você tem certa idade, com certeza se lembra com carinho dos jogos dos velhos consoles.

Hoje em dia, com os emuladores, é possível jogar de novo estas pérolas no celular. Neste sentido, ganham o Android e o Windows Phone, já que nem o Google nem a Microsoft se opõem aos emuladores, enquanto a política da Apple é muito mais exigente com relação a isso.

Se você busca emuladores, só os encontrará fora dos limites da App Store, e isso com possíveis riscos de segurança para seu dispositivo.

Google e Windows Phone são mais liberais que a Apple em relação aos emuladores de jogos

Conectividade com outros dispositivos

Os aplicativos de segunda tela funcionam como um complemento para jogos de PC e console. Tanto o iOS como o Android contam com os principais apps de jogos como o Assassin’s Creed 4, Watch Dogs, GTA V ou Battlefield, enquanto o Windows Phone não possui nenhum.

O sistema da Microsoft compensa esta ausência conectando outros sistemas da casa, como o Windows e o Xbox. Como já comentamos, sob a nomenclatura Xbox, você encontrará jogos que poderá curtir aonde for, pagando por eles apenas uma vez.

Portanto, o Windows Phone beneficia-se do grande ecossistema gamer da Microsoft frente aos rivais no setor jogos.

Windows Phone se beneficia do ecossistema da Microsoft para os jogos

Já que analisamos 3 aspectos acessórios nesta seção e em dois deles o Windows Phone se destaca, o S.O. da Microsoft seria o ganhador do ponto Outros fatores.

iOS: o melhor sistema móvel para jogadores

Tanto o Android como o iOS destacam-se por ter um catálogo de jogos muito extenso e variado. O Windows Phone os acompanha de longe, demonstrando que ainda há um grande caminho a percorrer.

Mesmo que haja mais jogos grátis no Google Play, a App Store vence em dois quesitos importantes: exclusividade e qualidade. Assim, às vezes compensa pagar um pouco a mais para ter títulos únicos.

Na única seção em que poderia brilhar, o Windows Phone cumpre bem seu papel ao integrar-se com outras plataformas, mesmo que isso não tenha muita relevância para quem busque o celular como principal plataforma de jogo.

Nesta tabela comparativa, repassamos os ganhadores e perdedores em cada aspecto:

Resultado da competição

Assim, tanto pela quantidade como pela qualidade e a possibilidade de jogos títulos exclusivos, acreditamos que o melhor sistema operacional móvel seja o iOS.

[Artigo original em espanhol]

Leia também:

Carregando comentários