Ano novo, apps novos: os programas para jogar fora em 2013

app-che-buttiamo-via-2012

Fim de ano é sempre a mesma coisa: todo mundo faz um monte de promessas para o ano seguinte, pensando naquilo que não fez no ano que passou. Algumas até se realizam, enquanto outras se repetem ano após ano e nunca saem do papel. Ou melhor, da cabeça.

Como passamos cada vez mais tempo diante dos nossos computadores e celulares, está mais do que na hora de incluir os gadgets nas promessas de Ano Novo. E não estamos falando de pedir um smartphone ou tablet novo para o Papai Noel, afinal o Natal já passou. A proposta é fazer uma limpeza nos aplicativos e programas e jogar fora tudo aquilo que você já não usa mais. Uma promessa fácil de realizar, não?

Para dar uma ajuda, os editores do Softonic prepararam uma lista com os apps que têm instalados em seus próprios dispositivos e que vão parar na lixeira no primeiro minuto de 2013. Confira o que eles disseram e depois fale para a gente quais programas você incluiria nessa lista:

Skype e Instagram

Laura Ceridono (Softonic Itália)

Primeiro, eu vou desinstalar o Skype (Android | iPhone | Windows Phone) por ser o culpado da morte do velho Windows Live Messenger. Não que eu ainda use o MSN (um app tão 2006!), mas ninguém pode sair incólume por ter assassinado um programa emblemático como esse, pode? Além disso, quem precisa do Skype? Eu prefiro o Tango (Android | iPhone | Windows Phone), que também funciona em todas as plataformas que eu uso e não sai por aí dando fim em qualquer programa de chat inocente e fora de moda… Depois, também vou me livrar do Instagram (Android | iPhone). Cansei de todas essas fotos de cores distorcidas com cães, gatos, comidas e paisagens… Ainda, com a nova política de privacidade que terá início em 16 de janeiro, o Instagram poderá enviar informações de seus usuários para o Facebook e anunciantes externos. Existem muitos outros apps de compartilhamento de fotos de comida por aí…

WhatsApp

Iván Ramírez (Softonic Espanha)

WhatsApp (Android | iPhone | Windows Phone): a glória do passado. Com a chegada do LINE (Android | iPhone | Windows Phone) e de outras alternativas, já não existem motivos para ficar preso ao WhatsApp, um aplicativo que parece ter parado no tempo. Eu não consigo lembrar qual foi a última funcionalidade adicionada ao app – e isso é inaceitável com a velocidade das mudanças de hoje em dia. Pode ser um pouco difícil migrar para o LINE, porque nem todos os meus amigos já fizeram a troca, mas a quantidade de usuários continua crescendo a cada dia. Adeus, WhatsApp, foi bom enquanto durou! 😉

Microsoft Word

Jonathan Riggall (Softonic Inglaterra)

Gostaria de ver o fim do Microsoft Word (Windows | Mac) em 2013. Eu posso até aceitar o Excel (Windows | Mac) como um mal necessário, mas já não existem razões para o Word continuar existindo. Nos anos 90, quando ainda gostava de imprimir documentos cheios de estilo em papel, os poderes do Word eram bem-vindos. Mas na era digital atual, tudo isso é simplesmente um desperdício de espaço. O Google Docs (Online) pode fazer praticamente tudo o que você precisa, e ainda garante que o seu trabalho nunca se perca. Escrever para a web requer texto sem formatação, portanto um editor de textos básico é melhor – e muito mais leve – do que o gigante que a Microsoft chama de “processador de textos”. Se você ainda vir um colega de trabalho usando o Word, leve-o para dar uma volta e sugira, gentilmente, que ele comece a usar o Google Docs. Ou outro programa mais leve e relaxante, como o WriteMonkey (Windows).

Apple Maps

Arthur van Vliet (Softonic Holanda)

É… não durou muito. Eu acabei de mover o Apple Maps para a pasta na qual guardo todos os aplicativos supérfluos da Apple que o usuário do iPhone não tem permissão para excluir. Lá, o Apple Maps agora faz companhia ao Game Center, Contatos, iTunes… A razão para este adeus é óbvia: a volta do Google Maps (iPhone). O Google Maps é o rei incontestável na terra dos serviços de mapas e navegação, principalmente depois de seu retorno triunfal ao sistema iOS em dezembro, com uma nova versão mais moderna e bonita. Então, obrigado, Apple Maps, pelos três meses de serviço leal. Aproveite a sua aposentadoria precoce.

London 2012

Rafael Videiro (Softonic Brasil)

Adeus, Londres. Agora é a vez do Rio de Janeiro! Só existe um motivo para manter o aplicativo London 2012 (Android | iPhone | Windows Phone) no seu smartphone: o vício em conferir o quadro de medalhas o tempo todo. E – acredite! – ele não vai mudar. As Olimpíadas de Londres 2012 já acabaram e pelo menos até as próximas, daqui a 3 anos e meio, o quadro de medalhas permanecerá inalterado. Em vez de ficar perdendo tempo com o passado, você deveria se preparar para o futuro. Quem sabe você não participa da Rio 2016, como atleta, lutando por medalhas e representando o seu país? Faça disso uma resolução de Ano Novo e vá à luta!

Temple Run, Agent Dash, Running Fred…

Gosia Mikowska (Softonic Polônia)

Definitivamente, vou me livrar de todos esses joguinhos de personagens correndo sem fim. Já gastei horas correndo como um agente secreto em Agent Dash (Android | iPhone). Treinei na selva fugindo de uma horda de macacos assassinos em Temple Run (Android | iPhone). Também conferi a versão da Disney desse mesmo jogo no Temple Run: Brave (Android | iPhone). O Running Fred (Android | iPhone) trouxe um pouco mais de emoção, já que você tem que correr para escapar da morte em pessoa (?)… De qualquer forma, acho que cansei de correr. Tenho certeza que 2013 vai trazer ideias mais refrescantes de novos jogos para celulares.

iTunes

Wolfgang Harbauer (Softonic Alemanha)

Bye bye, iTunes (Windows | Mac). Eu não preciso mais de você. Você tentou me conquistar com a recente versão 11: seu novo visual, a melhoria na integração com o iCloud, o miniplayer ainda mais mini… Lamento, mas não foi suficiente para me convencer. Meu novo programa favorito de música é o Spotify (Windows | Mac). Além de ter um catálogo de milhões de músicas para tocar em streaming, eu também posso gerenciar minha própria coleção guardada no PC. E 2012 ainda trouxe uma novidade: agora posso acessar o serviço online do Spotify e ouvir minhas playlists sem instalar qualquer programa. Excelente! Para completar, como eu uso dispositivos Android como telefone e tablet, não preciso do iTunes nem mesmo para sincronização. Enfim, primeiro passo para 2013: desinstalar o iTunes.

Windows 8

Alan Le Bihan (Softonic França)

Querido Windows 8 (Windows), eu o instalei poucas semanas depois do seu lançamento e esperava muito de você. Meu velho notebook – que ainda rodava Vista – estava pronto para receber o novo e amplamente divulgado sistema operacional da Microsoft. Meu PC deveria funcionar melhor do que nunca. Você não poderia ser pior que seu velho irmão Vista, odiado por tanta gente durante sua existência. Mas, para mim, você não é muito melhor. A situação ficou rapidamente ruim quando você começou a congelar o meu PC sem motivo algum. Ou quando me impedia de manter conversas no Skype (Windows 8), de navegar na internet de forma adequada, de fazer qualquer coisa simples no meu computador sem qualquer interferência. E o que dizer dessa nova tela de início? Se ela funciona bem em telas sensíveis ao toque, no meu velho notebook é simplesmente inútil. Sobre os apps desenhados para Windows 8, só tenho a dizer que meu computador não é um simples telefone. Tente fazer algo melhor da próxima vez. Eu juro que tentei de tudo para fazer você funcionar com meu notebook antigo, mas depois de um mês já estou pensando em me livrar de você.

E você, quais programas vai jogar fora na virada do ano? Conte para a gente. E feliz Ano Novo!

Carregando comentários