Batman Arkham Knight: O Cavaleiro das Trevas se despede em grande estilo

Batman Arkham Knight fecha a trilogia original do cavaleiro das trevas

A saga Arkham se despede com um lançamento único: um Batman acompanhado pelo melhor dos aliados, vilões e alguns ultracarismáticos, além da potência da nova geração de consoles.

A Rocksteady, criador de Batman Arkham AsylumBatman Arkham City retorna ao universo do Cavaleiro das Trevas para terminar o que promete ser uma das melhores trilogias da história do videogame.

Arkham Knight não só será uma continuação digna, mas será também a chegada de Batman à nova geração de consoles, com uma jogabilidade e um visual que irão deixar uma marca para os futuros títulos de mundo aberto.

A Rocksteady levou três anos de trabalho neste título, um período longo que fez a Warner Bros se decidir por criar um jogo no meio, o Batman Arkham Origins, desenvolvido pela sua filial em Montreal. O resultado pode ter decepcionado alguns, mas por isso sabiamente optaram por criar um predecessor, deixando o encerramento da série nas mãos daqueles que a tornaram grande.

Mas, será que o Arkham Knight vai ser melhor que os dois grandes títulos como Asylum e City? Eu provarei que vai.

Gotham como você nunca viu

A Rocksteady promete uma área de terreno cinco vezes maior em Arkham City. Este mapa vai se concentrar principalmente sobre o centro de Gotham, composto por três ilhas.

Nem tudo é uma questão de tamanho, mas também de liberdade. Como explica Sefton Hill, diretor do jogo à revista Game Informer: “Não queremos criar o maior jogo em mundo aberto da história. Nós queremos fazer o mundo aberto mais verdadeiro, vibrante e denso como nunca se viu.”

Ambicioso demais? Talvez, mas certamente tem todas as cartas para fazer uma jogada vencedora. Para começar, a Rocksteady parte com uma versão melhorada do motor Unreal e é totalmente projetado para a nova geração de consoles, PS4 e Xbox One e PCs de última geração. Isto significará um nível de detalhe excelente em cada beco, construção ou efeito climático de Gotham.

Por exemplo, os edifícios serão maiores, cada esquina terá lojas diferentes e todos cantos, embora a cidade seja meio deserta, estarão cheio de vida. Com a catástrofe que se aproxima em Arkham Knight já sabemos que sempre haverá alguém que vai querer se aproveitar. Então em Gotham não vão faltar os grupos rebeldes que tiram vantagem do caos para roubar ou destruir o mobiliário urbano. Assim, você vai ver motins de até 50 pessoas, algo nunca visto na série Arkham.

A cidade de Gotham nunca foi tão detalhada assim

Um ano de… paz?

A ação em Batman Arkham Knight ocorre um ano após o fim do Batman Arkham City. O Coringa, líder dos vilões de Gotham, está morto e a cidade descansa em paz. Em uma cidade com pouco crime, o Cavaleiro das Trevas tem pouco a fazer, então ele decidiu dedicar os últimos doze meses à pesquisa e à concepção de novos dispositivos e roupas para se preparar para uma possível ameaça… Você nunca sabe o que vai acontecer.

Boa idéia, Batman! Pois os vilões restantes se uniram para espalhar mais uma vez o caos em Gotham e tentar matar novamente o Batman. O primeiro a aparecer será um velho conhecido, o Espantalho, com seu plano para controlar Gotham através da desordem.

O Espantalho ameaça lançar uma toxina do medo por toda a cidade. Frente a este desastre, as autoridades, lideradas pelo Comissário Gordon, ordenerarão a evacuação de toda a população, o que significa que seis milhões de pessoas vão deixar Gotham.

Com uma cidade semi-abandonada, o Espantalho e companhia agora podem colocar em prática seus planos malignos e, o mais importante, fazer aquilo que eles amam: o jogo macabro de gato e o rato com o paciente Batman.

Batman volta depois de um ano de preparação

Um desfile de velhos conhecidos

O Espantalho não é o único vilão que irá aparecer no jogo. Também foram confirmados outros pesos pesados ​​como o Pinguim, Haley Quinn, Charada ou Duas-Caras, mas por enquanto não sabemos o papel deles nesta nova odisseia do Cavaleiro das Trevas.

No lado dos “bons”, não se surpreenda se eu disser que o Comissário Gordon vai estar de novo ao nosso lado, agindo como cúmplice de nossas missões em Gotham. Além disso, nos acompanhará Barbara, a filha de Gordon que, sem o pai saber, assumirá o papel de Oráculo, a nossa mão direita na sede central, e que vai passar muita informação sobre acessos, planos de inimigos e muito mais.

Agora, com o Coringa morto, quem dirige todo o caos de Gotham? Aparentemente parece ser o Espantalho, mas este vilão é apenas a mão executora de um novo inimigo na sombra. Quem será? Nem mais nem menos que o Cavaleiro de Arkham (daí o título do jogo), antagonista especialmente criado para o jogo e para o qual a Rocksteady teve a colaboração da DC Comics, e a criação de um novo vilão para Batman é algo bem especial. Estamos ansiosos para saber mais sobre ele!

Até a Arlequina volta a Gotham

O herói (quase) perfeito

Como eu disse, este ano de “paz” serviu para melhorar o Batman como um herói. Assim, ele terá um novo uniforme e melhorias em suas armas míticas. Agora você pode usar todas elas no ar, bem como ter mais apoio e um deslize melhor com sua capa.

Suas habilidades de combate também melhoraram, embora a Rocksteady adverte que não muito. O sistema de luta da saga Arkham já funcionava muito bem, por isso não vale a pena confundir o jogador veterano com mudanças drásticas.

Os novos desenvolvimentos na luta vão passar por novas mecânicas, como a capacidade de usar objetos do ambiente como armas improvisadas ou novos combos, mas nada realmente radical.

Batman chega mais completo em Arkham Knight

Chega o tão esperado aliado do Batman

Estas novidades potentes, embora não radicais, escondem um ás na manga: o aliado final do Batman. Não, não é Robin, é o seu fiel… Batmóvel!

A estréia do carro do Batman neste terceiro capítulo, apresenta uma verdadeira máquina de matar e o veículo mais detalhado que já vimos em um jogo.

O Batmóvel pode correr, saltar, acelerar e fazer curvas brutalmente em seu eixo para que você possa andar rapidamente pela cidade. Além disso, ele vai ser um carro à prova de balas e uma maneira perfeita para eliminar inimigos ocasionais, por atropelamento ou usando seus lançadores.

O melhor de tudo isso é que o seu Batmóvel está sempre disponível. Basta pressionar um botão e o carro chegará onde você estiver.

Embora o Batmóvel se apresenta como a arma final, a Rocksteady garante que não faltam motivos para querer usar o Batman sozinho porque, muitas vezes, é melhor a leveza e liberdade oferecida pelo herói sem seu veículo. Em qualquer caso, usar o Batmóvel ou apenas o Batman (seja para lutar ou se movimentar por Gotham) será uma escolha sua.

Apresentando... o novo Batmóvel

Um jogo de referência da nova geração?

Pelo que vimos, tudo em Batman Arkham Knight parece excelente e com um acabamento digno da nova geração de consoles. A Rocksteady tem trabalhado seriamente para trazer um jogo autêntico para o PS4 e Xbox One, e não um título com limitações da geração passada, como alguns dos primeiros jogos que estão chegando para esses consoles.

Esperado para a primavera de 2014 (outono no hemisfério norte), o Batman Arkham Knight irá tirar, de nós, pelo menos, o gosto ruim deixado pelo Arkham Origins, um jogo divertido, mas muito longe da experiência dos dois jogos desenvolvidos pela Rocksteady.

[Artigo original em espanhol]

Reveja o que foi publicado sobre a saga Batman no Softonic

Carregando comentários