O que esperar do Brasil Game Show 2014?

Brasileiro gosta de jogar videogame. Não só gosta, como vemos o nascer de um público-consumidor capaz de gastar R$ 870 milhões de reais no setor apenas em 2013. Sendo assim, nada mais justo do que a república do futebol ter seu próprio evento aos moldes da influente E3, de Los Angeles. Estamos falando do Brasil Game Show!

Brasil Game Show ou BGS é considerada uma das maiores feiras de jogos eletrônicos da América Latina. Idealizada pelo colecionador de games e empresário, Marcelo Tavares, a primeira edição aconteceu no Rio de Janeiro, em 2009. De lá para cá, o evento passou de 4 mil visitantes para 150.000. Na edição 2014, esperam-se um público de 250.000 pessoas.

A nova edição do Brasil Game Show vai ser realizada entre os dias 8 e 12 de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo. Torneios de Street Fighter, jogos que serão lançados ou foram publicados recentemente, como Shadow of Mordor e Resident Evil Revelations 2, e personalidades do mercado de games prestigiarão a simpática iniciativa.

Abaixo, fizemos um resumo do que pode acontecer de mais interessante durante o BGS 2014. Acompanhe:

Jogos localizados, títulos AAA e uma grande ausência

Como sabemos, a Nintendo não participará do Brasil Game Show. Em entrevista ao caderno de informática do jornal O Estado de São Paulo, Marcelo Tavares disse que a Big N não fechou por questões contratuais. Já nos bastidores, segundo apuração do UOL Jogos, um dos problemas é o preço dos estandes: entre R$ 500.000 e R$ 1 milhão de reais.

Independente do motivo, os visitantes não terão acessos aos jogos da Nintendo, Riot Games (mais conhecida pelo sucesso estrondoso de League of Legends), Square Enix e Nvidia. A Sega e a Blizzard não decidiram se estarão no Brasil Game Show. A Take-Two confirmou presença, mas não trouxe o Evolve, considerado o melhor título da E3.

Mas nada de se apegar ao pessimismo. Far Cry 4, Middle-earth: Shadow of Mordor, Assassin’s Creed Unity, Driveclub, FIFA 15, Mortal Kombat X e Resident Evil: Revelations 2 são alguns dos jogos à disposição dos visitantes. Seja apenas em demonstração, como no caso do Assassin’s Creed Unity, seja jogando em algumas estações de videogames.

Shadow of Mordor, um dos jogos mais elogiados pela críticaShadow of Mordor é um dos grandes títulos presentes no BGS 2014

As empresas que estarão presentes, com destaque para a Sony, Capcom e Ubisoft, trarão a fina flor dos próximos lançamentos. A Ubisoft, por exemplo, reservou 350m² de espaço e chamou o lead game designer de AC Unity, Benjamin Cyrille Plich, para demonstrar as novas acrobacias do assassino escalador. Sem contar o promissor Far Cry 4.

Do outro lado, a Sony espalhou mais de 90 estações de PlayStation pelo evento. Little Big Planet 3, The Evil Within, The Order 1886, Bloodbourne, Driveclub e o shooter das galáxias, Destiny, poderão ser jogados e apreciados por todos presentes. Mais reservado à imprensa, a Sony falará dos títulos de impacto, como PES 2015 e Metal Gear Solid V.

No entanto, a melhor notícia é a abundância de títulos localizados. Middle-earth: Shadow of Mordor chega ao mercado brasileiro com vozes e menus em português. Mortal Kombat X, Battlefield Hardline e Tom Clancy’s Ghost Recon Phantoms são outros que acompanham a tendência e chegarão ao mercado também localizados.

O pai do Mortal Kombat e o e-sport brasileiro

O BGS reuniu grandes nomes do mercado de games para dar uma palhinha sobre o mercado: Ed Boon, o criador do Mortal Kombat e uma parte do Noob Saibot; Major Nelson, diretor de programação da Microsoft; Chance Glasco, produtor de Call of Duty; Manorito “Mano” Hosoda, produtor da franquia Pro Evolution Soccer, confirmaram presença.

Além da seção de autógrafos, é esperado que as personalidades falem sobre o processo criativo de produzir jogos e compartilhar algumas experiências enriquecedoras. Do lado brasileiro, a dupla do Jovem Nerd e o youtuber Monark, conhecido pelos vídeos do Minecraft e outros jogos, farão companhia às celebridades de jogos.

Ed Boon, criador do Mortal KombatEd Boon e sua franquia de sucesso: Mortal Kombat

Na esteira do sucesso dos esportes eletrônicos, o BGS investiu em competições, o chamado e-sports. Brasil Game Cup é o nome do campeonato oficial de DotA 2, com premiação de R$ 60 mil reais, que acontecerá durante o Brasil Game Show. Times brasileiros fortes, como The House is Down e Keyd Stars, estão confirmados.

Para quem prefere luta, há o Capcom Pro Tour, a liga internacional de Street Fighter IV. O campeonato garante ranqueamento aos jogadores que participarem. Os esportistas de sofá também ganharam espaço: FIFA 15 e PES 2015 estarão à disposição para pequenos campeonatos informais. A disputa, como se viu, é uma das tônicas do BGS.

Por último, e não menos importante, o saguão indie trará um espaço dedicado aos games brasileiros. Aritana e a Pena da Harpia, Garage227, Devolver Digital, TheGameWall, entre outros, já levantaram seus estandes. Os desenvolvedores não disseram quais jogos vão apresentar, mas certamente mostrarão boas produções.

Conselho para aproveitar o BGS

O Brasil Game Show vai trazer muitos jogos esperados: Middle Earth: Shadow of Mordor, PES 2015, Mortal Kombat X, Resident Evil: Revelations 2 e Far Cry 4. Ande pelos estandes e procure os games citados neste artigo, caso esteja sem referência, para entender como o mercado de games cresceu e o quanto este tipo de entretenimento pode evoluir. O futuro da indústria é duradouro e uma parte dela passará no Brasil em 2014.

Baixar Brasil Game Show [Android | iOS]

Leia também

Carregando comentários