Spam: 5 coisas que você pode fazer (ou não fazer) para acabar com ele

Se você quiser remover mensagens indesejadas do seu e-mail, recorra a cinco truques e algumas ferramentas bastante úteis neste caso.

Alguns querem vender remédios milagrosos para curar partes do corpo nas quais você nem sabia que tinha problemas; outros vão anunciar que você é o novo vencedor de uma loteria da Rússia da qual nem tinha participado. Um milagre.

Outra pessoa conta que Dr. Emmanuel Malengue, proeminente cavalheiro da elite econômica nigeriana, faleceu (que Deus o tenha), e aproveita a ocasião para oferecer a você dois ou três mil dólares por meia hora de seu tempo e um pouco de ajuda com algumas minúcias burocráticas.

Mesmo com objetivos distintos, todos eles têm uma coisa em comum: são spammers, que enviam armadilhas ou publicidade a milhões de e-mails na esperança de conseguir algum dinheiro.

Os provedores de e-mail, como o Gmail ou o Outlook.com, têm poderosos filtros que impedem a maioria dessas mensagens chegarem à sua conta. Mas, ainda assim, algumas mensagens escapam da vigilância e chegar à nossa caixa de entrada.

No entanto, existem algumas dicas e programas para prevenir ou combater este fenômeno irritante. Aqui enumero alguns deles que são bastante fáceis e eficazes.

Crie e-mails descartáveis

Se o seu endereço terminar nas mãos de spammers, não haverá (quase) nada a fazer. Estes senhores tão engraçados têm o hábito de vender uns aos outros os endereços de e-mail para onde enviam seu lixo. Por isso é provável que, ao receber spam em seu e-mail, a situação se agrave ao longo dos dias ou das semanas.

Uma solução eficaz é criar e-mails descartáveis ou criar endereços ilimitados. Estes são endereços especiais que, quando recebem uma mensagem, encaminham o material automaticamente para o seu endereço “real”, que permanecerá desconhecido para o remetente.Chiocciola

Quando, por qualquer razão, alguém pedir seu endereço de e-mail, por exemplo para realizar a inscrição em um serviço, utilize uma dessas contas de uso único. Se os spammers interceptarem esse e-mail, basta descartá-lo e problema resolvido.

Existem muitas empresas que oferecem o serviço de criar essas contas para uso único (que, em inglês, é chamado de disposable email addresses). Um bem conhecido é o Spamex,
que você pode testar grátis por 30 dias e tem muitas opções de personalização.

YOPmail também faz o mesmo e é grátis (embora possam ser feitas doações). O 33mail,
por outro lado, oferece três tipos de contas: a Lite (grátis) e outras duas pagas, embora com preços muito acessíveis.

Desabilite o HTML do seu cliente de e-mail

No código HTML das mensagens de spam, às vezes podem aparecer códigos truncados ou pequenos notificadores, que permitem ao remetente da mensagem saber se você abriu o e-mail em questão ou não.

Assim, os spammers podem saber quais endereços de e-mail existem e estão ativos. O resultado é sabido: encher a caixa de entrada de lixo e vender o seu endereço a outros criminosos.

Todos os clientes de e-mail oferecem a opção de desativar o código HTML
da conta
e visualizar mensagens como texto.

Se você usa o Outlook no seu PC, vá a File > Options > Trust Center > Trust Center Settings > E-mail Security e ative a opção Read all standard mail in plain text.

Opção para visualizar o texto sem HTML

Recomendamos fazer isso para aumentar a proteção contra mensagens indesejadas.

Fuja de endereços muito óbvios

Os endereços nomesobrenome@oqueseja.com são muito sérios e profissionais, mas, infelizmente, em muitos casos, podem ser facilmente adivinhados pelas redes de maliciosos.

Entre os spammers, é prática comum tentar adivinhar endereços de e-mail existentes
com sobrenomes populares, aos que acrescentam os nomes mais comuns para enviá-los aos domínios com o maior número de usuários (como @ gmail.com, @ yahoo.com e @ outlook.com).

Se você se chamar Pedro Silva, por exemplo, deve criar um endereço assim: pedrosilva@oqueseja.com ou p_silva@oqueseja.com. A opção p.silva@oqueseja.com é fácil de adivinhar, enquanto as duas primeiras são um pouco menos óbvias e, portanto, um pouco mais seguras.

Não responder aos spams

Responder aos e-mails indesejados é uma péssima ideia.

Disto sabe uma pessoa muito próxima a mim, que, faz alguns anos, recebeu um e-mail com um conteúdo, digamos assim, anatomicamente inconfundível. Isso nunca havia acontecido antes e, como ele não era muito adepto à tecnologia, pensou que tinha recebido a mensagem por engano.

Então ele respondeu, agradecendo a oferta que lhe havia sido apresentada, mas educadamente indicando que não estava interessado nos serviços oferecidos pelo remetente e pedindo para ser excluído do provedor dalista de envio.

Many mailsA partir do dia seguinte, ele começou a receber centenas
de mensagens de spam
diárias sobre o mesmo assunto. Por quê? Porque, ao responder, ele definitivamente confirmou ao spammer que o e-mail existia e estava ativo.

E e-mails existentes de endereços ativos são o bem mais precioso para estes criminosos, uma vez que eles não os usam apenas para difundir seu lixo, mas também para vendê-los a seus companheiros por um preço alto.

Não faça spam com spammers: eles sempre ganham

MailBaitOutra coisa a fazer é não tentar se vingar de um spammer pagando na mesma moeda.

Na verdade, existem serviços (tais como o MailBait) que inundam as caixas de entrada de quem envia inúmeras
mensagens. Estas ferramentas são muitas vezes utilizadas para verificar os filtros de spam e servidores de correio, mas também servem para passar um trote.

Qualquer correio eletrônico inscrito neste serviço será inundado com centenas de e-mails por dia e não há maneira de corrigir a situação.

O conselho é: não tente usar esta arma contra qualquer um que lhe envia spam.

Mesmo que você conseguisse, os spammers têm conhecimento técnico muito avançado e, tendo acesso ao seu e-mail e ao seu computador, certamente se vingariam infectando sua máquina com um vírus ou algo pior. Não seja vingativo, em nenhuma circunstância.

Outras dicas para vencer o spam

Esses cincos truques, junto aos filtros de spam do seu provedor de e-mail, devem ser suficientes para garantir a paz na caixa de entrada. Mas se você quiser ficar ainda mais tranquilo, existem excelentes programas antisspam que pode instalar em seu computador.

Dentre eles, podemos recomendar, para Windows, o SPAMfighter (que se baseia em avisos de uma grande comunidade de usuários do programa) e o Kaspersky
Internet Security
(uma suíte de proteção completa com filtros de spam).

Se você estiver usando um Mac, o SpamSieve é um ótimo antisspam inteligente que aprende a diferenciar o que é spam do que não é, por meio de um treinamento que lhe é dado após a instalação. Eu o utilizo há anos e praticamente nunca falha.

Em suma: um pouco de bom senso e um instrumento afiado de defesa e os spammers ficarão fora de jogo. Ou menos combativos.

[Artigo original em italiano]

Leia também

Carregando comentários