Dicas para instalar programas

Normalmente, o processo de instalação de um programa é tão simples como seguir um assistente passo a passo: avançar, avançar e pronto.

Infelizmente, isso não acontece sempre. Instalar programas é fácil, mas fazê-lo de forma errada e instalar coisas que não queremos é mais fácil ainda. Para piorar, há cada vez mais programas que tentam empurrar outros produtos que você não quer e não precisa.

Por esses motivos resolvemos fazer este guia de sobrevivência ao instalar programas. O seu PC agradece.

Praticar Inglês

Muitas vezes, mesmo quando o programa está em português, a instalação é feita em inglês. Se a língua da rainha não for a sua praia, é necessária muita atenção na hora de aceitar alguma coisa.

O instalador pode jogar com as palavras e induzir você a instalar coisas que não precisa, mudar a página inicial do navegador, motor de buscas etc.

Ler antes de clicar em “Avançar”

Um dos principais problemas na hora de instalar algo é que queremos terminar o quanto antes para começar a usar o programa. É muito importante prestar atenção e ler cada passo da instalação pois, frequentemente, as coisas não são o que parecem.

Um exemplo é o Daemon Tools, que inclui uma barra de ferramentas e muda a página inicial do navegador, tudo isso no meio das opções de instalação.


Outro programa que tenta empurrar alguns links no meio das opções finais de instalação é o VDownloader:


Alguns programas são insistentes. O Digsby, por exemplo, é um programa muito legal, mas que insiste na instalação de aplicativos adicionais e extensões durante todo o processo. Mesmo depois de terminar, ele pergunta se você não quer mudar a página inicial e as configurações do navegador.

Barras de Ferramentas

Algumas pessoas acham as barras de ferramentas dos navegadores muito úteis, como a Softonic Toolbar, por exemplo. Para outras pessoas, elas só atrapalham. Se você sai clicando em “Próximo” sem ler as opções, muito provavelmente vai acabar com várias dessas barras no seu navegador.

Instale só o que você precisa

Outra prática comum é tentar empurrar o “pacote completo”. Você quer apenas um programa, mas na hora da instalação aparecem quatro ou cinco. É o caso do Windows Live Pack, que já marca todos os programas, mesmo que você queira apenas o Messenger.

Cuidado com a posição dos botões

Os programadores sabem que a gente gosta de clicar em “Avançar” direto, sem prestar atenção em nada. Por isso, mudam a posição dos botões e colocam um “Aceito” onde deveria estar “Próximo”. Mais uma vez, é importante ler com atenção.

Mais importante do que ficar com raiva dos programas, é saber porque os desenvolvedores querem nos meter, goela abaixo, aplicativos que não desejamos. A resposta é simples: programadores também comem, usam roupas e, quando dá, vão ao cinema, ao teatro etc.

Por isso que nos “oferecem” extras: são acordos comerciais que geram receira para que eles continuem produzindo software grátis para a gente. Legal, né?

Carregando comentários