Elder Scrolls Online: massacres caóticos no modo PvP

O modo PvP (Player vs Player, “Jogador vs Jogador”, em inglês) divide opiniões entre os jogadores de RPGs. Muitos não gostam dele, outros não conseguem saciar a sede de atravessar suas lâminas virtuais por adversários controlados por humanos, ao invés de previsíveis bonecos computadorizados. Elder Scrolls Online inclui um modo PvP, que separa claramente o combate entre jogadores em uma área especialmente equipada, longe do resto do MMORPG. Pelo menos quase.

A aventura de The Elder Scrolls Online (TESO) começa a noroeste, em torno da região de Glenumbra. Nesta exuberante área arborizada passei um difícil final de semana, completei missões e pacifiquei masmorras. Apesar do meu personagem superar facilmente o nível mínimo de 10 para o PvP, encontrei alguns problemas.

No caminho errado para a batalha

A arena de batalha do multiplayer competitivo fica em Cyrodiil, com localização central em Tamriel, o mundo de Elder Scrolls Online. Então como chegar da área de partida ao cenário da ação? A busca desta resposta me levou muitas vezes a regiões que excedem o nível de experiência do meu personagem.

Aprendi na marra como são teimosas as criaturas do mal em TESO. Depois de desbloquear e pagar uma fortuna para consertar meu equipamento e taxas para cada morte, comecei a procurar desesperado por um outro caminho, algo que encontrei escondido nos menus.

Guerra de alianças em Cyrodiil

No menu “Aliança” é possível se teletransportar com apenas alguns cliques diretamente à área de PvP em Cyrodiil. Então é arregaçar as mangas e pronto! Mas nada aconteceu. Um erro do jogo não me deixava passar para a visão de luta.

Os outros jogadores tentaram ajudar com dicas de todos os tipos, mas só uma reinicialização do PC e do jogo resolveram o problema. Depois de superado o obstáculo – não podemos esquecer que se trata de um beta – finalmente pude me juntar a uma aliança e entrar na batalha.

O caos normal de um cerco ao castelo

Quando entrei na luta, o cerco já estava em andamento. Com o mapa é possível identificar onde a ação acontece. A estrada cortava uma área enorme. Sem cavalo, tive que andar muito tempo a pé. No centro do tumulto, catapultas estavam a postos em frente à muralha.

Meu grupo de ataque estava quase com a lotação máxima de 24 pessoas, mas eles podem envolver diversas alianças e assim incluir ainda mais pessoas. Para lidar com o ataque de maneira coordenada, o grupo se divide em seis pequenos times com quatro jogadores, uma boa receita para combates táticos.

No fundo, de tático não havia nada no combate. Ao invés disso, os jogadores pareciam um rebanho de galinhas perdidas. Uma vez que a porta do castelo caiu em meio às chamas, liberando o acesso ao pátio interno, todos os jogadores correram diretamente para a armadilha mortal.

Elder Scrolls Online - PvP Siege

As catapultas derrubam as portas do castelo cercado. Em seguida, começa o combate corpo a corpo

Os defensores pararam de jogar rochas em chamas do alto da muralha, abandonaram o portão, recuaram para o pátio e se prepararam para o duelo. Corremos em linha reta em dois flancos. Após o erro fatal, tivemos a chance de reagrupar no ponto de partida e tentar outra vez. Conseguimos ocupar o pátio e entrar no castelo, onde o mesmo massacre sangrento se repetiu como antes.

Fica a lição; tática, uma boa liderança, comunicação e tempo desempenham um papel importante na guerra de alianças. No próprio evento para a imprensa a queda de um único castelo se arrastou por um tempo. A produtora ZeniMax Online estimou em 15 minutos o tempo para tomar um castelo completamente desprotegido. Mas há muito mais para se conquistar além da construção em si. Guerras não são vencidas da noite para o dia.

Equilíbrio, alianças e imperador

Nem todos os participantes têm que se dirigir à batalha. Em vez disso, você pode apoiar os jogadores com matérias-primas e armas personalizadas, tais como catapultas ou arietes. Nesta função, ganha pontos por inimigos mortos e conquistar a fortaleza. Quem fizer o maior número de pontos no final de uma guerra ganha o título de imperador e alguns benefícios para sua aliança, até que outro jogador ganhe o título.

Tarefas de apoio são especialmente recomendadas para jogadores iniciantes, já que o equilíbrio entre os participantes não está realmente balanceado, pelo menos durante o beta. Assim, você pode sair de um confronto sem ao menos causar um punhado de arranhões no adversário.

Tudo ao alcance: a interface de combate

É um grande desafio manter um grupo com 24 integrantes. Neste ponto, TESO tem uma vantagem sobre Final Fantasy XIV, que também permite grupos com o mesmo número de pessoas no recém-lançado Crystal Tower – mas com uma visualização bastante prejudicada. A vantagem de TESO está no sistema de combate claro e direto, diferente de muitos concorrentes. A interface de usuário é organizada com uma janela que mostra todos os colegas no canto superior esquerdo. Então tudo está bem à vista.

PvP e as definições de um RPG

O PvP em Elder Scrolls Online ultrapassa as classificações de MMORPGs. Continuam as classes típicas de um RPG e, ao mesmo tempo, as táticas conhecidas dos jogos de estratégia. O modo de jogo lembra o game Stronghold Crusader com sua visão em primeira pessoa. Já o desenvolvimento de tecnologias e a opção de renascer lembram os jogos de tiro.

O Megaserver ameaça o role play tradicional?

A fraqueza do PvP são os Megaservers já discutidos em Elder Scrolls Online. Enquanto em World of Warcraft é preciso escolher entre um servidor para viver o personagem ou outro com foco PvP, em TESO há sempre um conflito entre os dois modos. Em Cyrodiil, a luta PvP ocorre ao mesmo tempo que as missões comuns e dungeons.

Assim, podemos imaginar que os jogadores mais casuais serão atraídos para a luta em PvP, ao invés de apoiar alianças no modo história ou raids. Se a característica continuar no jogo final, o modo PvP não servirá para os jogadores medirem forças e sim tirar sua atenção da história em Elder Scrolls Online.

Ação caótica com pitadas de táticas e construção estratégica

Caos. Esta palavra define minha primeira experiência PvP em Elder Scrolls Online. Até mesmo durante a fase beta, com um mundo supostamente mais organizado, os jogadores corriam de um lado para o outro como se estivessem confusos.

Ao mesmo tempo, percebi um certo senso de comunidade e acredito que o jogo final valorizará o sistema de alianças, além da organização para as missões de conquista de castelos.

Por outro lado, as lutas são bastante difíceis, longas, monótonas e pouco equilibradas. Além disso, também poderá ser preciso ajustar algo que incomoda muitos jogadores tradicionais nos PvPs: como integrar os jogadores novatos, que ainda não estão fortes o bastante para as batalhas. Se realmente há uma fusão dos modos RPG e PvP, inclusive para a conclusão da história do game, os jogadores precisam se sentir atraídos para os confrontos PvP.

Resumindo: No momento, o PvP de TESO ainda não parece à altura das primeiras impressões que tivemos do resto do jogo. A desenvolvedora ainda tem muito o que fazer para melhorar o equilíbrio do modo e a sua relação com a história do jogo.

Leia mais sobre o beta de Elder Scrolls Online

Quais características você busca no modo PvP dos MMORPGs? Deixe sua opinião nos comentários.

Carregando comentários