Os 10 melhores jogos de 2012

Fim de ano é sempre momento de retrospectiva, e neste post vamos fazer um repasso dos melhores games de 2012.

As escolhas que você vai ver a seguir não se guiam apenas pelo ponto de vista técnico. Em vez disso, decidimos perguntar aos nossos editores quais foram os jogos que eles consideram mais divertidos e nos quais passaram horas e horas quebrando a cabeça para passar de fase.

Abaixo, você confere a seleção pessoal de jogos dos editores do Softonic:

Hitman: Absolution

Pode ser que eu tenha feito esta escolha pela falta de familiaridade com os capítulos prévios do jogo, ou talvez porque só agora estou tomando contato com minha natureza “assassina”, mas Hitman: Absolution fez com que me apaixonasse na hora por silenciadores e cabos de fibra.

Nunca fui fã de games violentos nem dos de stealth, nos quais o jogador faz de tudo para não ser notado. Mas com cinco níveis de dificuldade, cheios de formas de matar e com uma jogabilidade personalizável, curti muito o Hitman: Absolution desde o primeiro momento. Acabei jogando várias vezes os mesmos níveis para testar novas estratégias.

Ainda não cheguei ao final do Hitman: Absolution, mas depois de experimentar o modo “Contracts”, já sei que vou adorar desafiar outros usuários a serem melhores que eu no jogo.

Daniel Barranger (Softonic Itália)
Daniel Barranger
Softonic Itália

FIFA 13

O FIFA 13 é um dos melhores games deste ano graças às suas melhorias constantes. A cada ano, o jogo passa a contar com mais times e jogadores, além de gráficos mais realistas. O FIFA 13 traz uma jogabilidade melhorada, passes mais precisos e uma interminável lista de modos de jogo. O modo online é muito detalhado e os minigames ajudam a treinar de um jeito divertido.

José María López (Softonic Espanha)
José María López
Softonic Espanha

Asphalt 7: Heat

Asphalt 7: Heat tem tudo para fazer qualquer um se apaixonar pelo título. É fácil de jogar. Permite tunar o carro (a personalização vai da lataria ao filme das janelas). Os gráficos são tão bons que parece que você realmente está dirigindo por lugares como Rio de Janeiro ou Havana.

Os carros de Asphalt 7: Heat têm diferentes limitações e performances e, apesar de um objetivo bem claro – ultrapassar a linha de chegada na primeira posição –, há várias pequenas missões que não deixam espaço para o tédio.

Há quem pense que game de corrida é tudo a mesma coisa. Mas dê uma chance ao Asphalt 7: Heat porque, além dos detalhes acima, há um grande leque de opções. Este é um game para todos os gostos e sabores. Só falta mesmo aquele cheiro de pneu queimado!

Fernanda Guerra (Softonic Brasil)
Fernanda Guerra
Softonic Brasil

Assassin’s Creed 3

Gosto de ter liberdade nos jogos e de personagens fortes, extremos. E o Assassin’s Creed 3 tem as duas coisas. O personagem do jogador – Connor – vaga por um vasto mundo aberto, caça animais selvagens, recolhe tesouros, pula de árvore em árvore e saqueia vagões.

O Assassin’s Creed 3 tem o meu voto também por seus animados combates corpo a corpo, batalhas épicas no mar e uma história convincente em comparação com os episódios anteriores da franquia. Motivações profundas impulsionam Connor e me fazem querer ajudá-lo. Só o emperrado modo multiplayer que não me convence.

Jan-Hendrik Fleischer (Softonic Alemanha)
Jan-Hendrik Fleischer
Softonic Alemanha

Mass Effect 3

O fim do jogo foi controverso (mais ainda por ser interrompido no meio da última cena!), mas Mass Effect 3 continua sendo, para mim, um final épico de uma excelente trilogia.

Minha única crítica é que a invasão Reaper fez com que eu me sentisse com pressa ao ver todas as pessoas morrendo. Acabou que não passeei nem explorei o ambiente como no Mass Effect 2.

De qualquer forma, curti bastante o combate melhorado, as enormes peças do conjunto, e dizer adeus ao memorável grupo de personagens.

Jonathan Riggall (Softonic Inglaterra)
Jonathan Riggall
Softonic Inglaterra

Max Payne 3

O game que eu mais joguei em 2012 foi sem dúvida o Max Payne 3. Os gráficos são surpreendentes e, embora a jogabilidade seja bastante linear, é tão desafiador que foi difícil parar de jogar.

Os jogos de hoje em dia estão mais focados nos gráficos que na jogabilidade e são, portanto, muito fáceis. Mas não é este o caso do Max Payne 3. Nosso herói é repetidas vezes completamente esmagado pelas gangues brasileiras, fazendo você pensar se é mesmo possível passar de fase. A trilha sonora e os gráficos de alta qualidade também ajudam a curtir cada segundo de Max Payne 3.

Rutger Uittenbogaard (Softonic Holanda)
Rutger Uittenbogaard
Softonic Holanda

Hotline Miami

Hotline Miami é sem dúvida meu game do ano. Tente ver além dos gráficos ultrapassados para encontrar um jogo em que cada tiro, inimigo vencido ou nível de dificuldade são completamente aproveitáveis.

Jogar é fácil, assim como morrer. É o risco constante que torna este game tão vivo, já que você é 100% consciente de que o mais simples dos erros pode significar a morte. Os disparos quase certeiros, os duelos constantes e rápidos, o desespero de ficar sem munição… Tudo isso ajuda a criar tensão em Hotline Miami.

Não sei os desenvolvedores conscientemente tentaram fazer um jogo que lembrasse os melhores momentos dos cineastas Tarantino ou John Woo, mas é isso o que conseguiram. A trilha sonora é provavelmente a melhor que eu ouvi nos últimos anos.

Raúl Pérez (Softonic Espanha)
Raúl Pérez
Softonic Espanha

Far Cry 3

Fiquei bastante surpeendido com o Far Cry 3. O capítulo representa o resgate das raízes da saga, com gráficos sublimes que dão uma ideia da qualidade técnica envolvida.

Como não se sentir atraído pelas paisagens selvagens e exuberantes do game? E com relação à jogabilidade? É basicamente uma mistura de conflitos cheios de tensão com fases de exploração.

Se Call of Duty: Modern Warfare 2 equivale a um filme de guerra, Far Cry 3 se parece mais a um filme de verão no estilo Indiana Jones. Exótico, refrescante e extremamente eficaz. Meu jogo favorito em 2012!

Samuel Marc (Softonic França)
Samuel Marc
Softonic França

Euro Truck Simulator 2

O Euro Truck Simulator 2 não é um jogo tão popular como Call of Duty, Medal of Honor, Grand Theft Auto, World of Warcraft, etc. Mas mesmo assim, consegue destaque em um nicho interessante de mercado: o dos simuladores de direção.

Se, como eu, você gosta de acelerar caminhões tunados e coloridos, vai adorar este jogo. Além disso, o Euro Truck Simulator 2 também oferece uma experiência bastante realista e desafiadora.

O bom acabamento e a jogabilidade de Euro Truck Simulator 2 garantem a diversão até de quem não é muito fã de simuladores de caminhões.

Radek Grabarek (Softonic Polônia)
Radek Grabarek
Softonic Polônia

The Walking Dead

Não esperava me apaixonar pelo jogo The Walking Dead, mas aconteceu. O mais impressionante deste título é a forma dinâmica como as coisas acontecem, além de seu bem-definido argumento.

Há um aviso no começo de cada episódio que alerta: cada decisão tomada tem o poder de influenciar o final da história. Ao comparar minha experiência com a de amigos, vi que os cada um jogou um game “diferente”, seguindo caminhos únicos no The Walking Dead.

Se o que você busca é uma boa história que force decisões difíceis e perturbadoras, não dá para perder o The Walking Dead.

Lewis Leong (Softonic Estados Unidos)
Lewis Leong
Softonic Estados Unidos

Quais são os seus games favoritos de 2012? Conte para a gente aqui nos comentários!

Carregando comentários