Uma nova era para o Windows? Decifrando as novidades da Microsoft

O Windows 8.1 Update, Windows Phone 8.1 e o assistente de voz Cortana, um botão Iniciar de nova geração, um botão para Modern UI do Office, o conceito de aplicativos universais: a conferência do Build 2014 foi cheia de anúncios, tanto para o público em geral quanto para os desenvolvedores. O Windows parece tomar um novo rumo.

A Microsoft França fez esses anúncios sobre a Nova Era de Windows em 7 de abril, no evento de Paris. Nós estávamos lá e vamos contar tudo, desde o Windows XP até os aplicativos universais.

Fim do suporte para o Windows XP: serviço mínimo para o seu PC

Enquanto todos estão trabalhando para explicar como migrar para outro sistema operacional – o famoso XPocalipse – é claro que a Microsoft oferece poucas opções para os usuários do XP.

Com menos soluções locais de recuperação dos equipamentos antigos para os grandes varejistas e uma parceria com o programa PCmover Express não muito convincente, Redmond perde aqui, na nossa opinião, uma grande oportunidade para converter uma cota de mercado significativa de usuários – mais de 30% dos PCs em todo o mundo ainda estão rodando o XP – aos novos serviços da Microsoft.

Entendemos as razões argumentadas pelas equipes da Redmond, que usar um navegador compatível com o XP não vai protegê-lo do perigo, mas a Microsoft poderia ter feito um esforço oferecendo as licenças mais baratas e facilitando a migração para o Windows 7 ou 8.

Windows RT: uma versão do SO parcialmente morta, para evitar

Bernard OurghanlianNo entanto, é inevitável virar a página do XP. Como dito pelo Bernard Ourghanlian, diretor e técnico de segurança da Microsoft França:

“O Windows XP foi projetado para uma era em que a Internet não era o que é hoje.”

Se esta explicação se encaixa perfeitamente para o XP, você não pode dizer o mesmo do Windows RT. Introduzido ao mesmo tempo que o Windows 8, esta versão do sistema operacional não respeita a equação desta nova era da Microsoft Mobile first, cloud first. A empresa de Redmond carrega um peso a mais atrás dela e o Windows RT é um desses.

Simplesmente mencionando o Windows RT, as equipes do Microsoft França parecem desbancar e apoiar a hipótese de um desaparecimento gradual do OS, antes da chegada do Windows 9.

Para tablets com menos de 9 polegadas, os fabricantes deverão virar claramente para o Windows Phone, caso a licença do sistema se torne gratuita. Para tablets de mais de 9 polegadas, eles podem preferir o Windows 8.1.

Windows 8.1 Update: uma atualização com uma volta atrás

A atualização do  Windows 8.1 Update é, no entanto, uma decepção. Mais do que um passo em frente, este é uma volta atrás. Isso certamente deve satisfazer os usuários de teclado e mouse infelizes, mas também é uma prova de que os computadores híbridos tão aclamados pela Microsoft não encontraram seu público.

Computadores híbridos com Windows 8.1 não pegaram

O novo menu da tela de início do Windows 8.1 Update

Acreditamos que essas melhorias deveriam ter sido oferecidas desde o lançamento do Windows 8 em outubro de 2012. A Microsoft retrata seus erros passados ​​e entende que é necessário distinguir o Windows do teclado e mouse da parte moderna e tátil do OS.

O retorno do menu Iniciar, que deve certamente chegar em um futuro Windows 8.1 Update 2, será o exemplo mais óbvio.

Windows Phone 8.1: o celular é o novo cavalo de batalha

Durante este evento Windows Nova Era, também testamos a nova versão do sistema operacional para celular, a versão que coloca o Windows Phone no mesmo nível que Android e iOS.

Windows Phone 8.1 com Swype

O Swype para Windows Phone 8.1 se chama Word Flow

O teclado Word Flow é bem sucedido, o assistente pessoal Cortana deverá ser capaz de comunicar-se conosco em português fluente em 2015, a central de notificações é, provavelmente, a funcionalidade mais esperada pelos usuários e o Wi-Fi Sense usa sua conta da Microsoft para se conectar automaticamente com todos os novos dispositivos Windows já registrados nas redes sem fio. Também permite convidar outros proprietários de celulares Windows ou de PC em sua rede Wi-Fi, mas eles têm que introduzir o código.

No recurso Aplicativos Universais, onde iremos ver os primeiros exemplares de 2014, promete bastante surpresas. O Deezer, que já é oferecido como um aplicativo Windows, Windows app e para Windows Phone, apresenta-se com o perfil de um serviço perfeito para ser um aplicativo universal.

O que devemos esperar da Microsoft no futuro?

No futuro, prepare-se para ver uma Microsoft menos conformista, que deverá comunicar mais sobre seus produtos e serviços. O lançamento do Office para iPad é um excelente exemplo dessa mudança, elaborado por Steve Ballmer e agora puxado pelo novo CEO Satya Nadella.

No entanto, para os dispositivos e serviços secundários – os nossos usuários diários do Windows – a estrada ainda é longa e vai demorar muitos meses antes de assistir a uma verdadeira convergência entre o Windows e Windows Phone, uma convergência que, necessariamente, reforçará a posição do Windows no mundo da mobilidade e da computação em nuvem.

O que você achou das novidades da Microsoft?

[Artigo original em francês]

Carregando comentários