OS X Yosemite: quais os principais destaques do novo sistema do Mac?

Novidades interessantes do OS X Yosemite

A estética do novo sistema operacional da Apple, com ícones lisos e transparência, é muito atraente. Mas muda só a forma ou também o conteúdo? Como será o cotidiano de quem tem um Mac?

O lançamento de uma nova versão de um sistema operacional importante é sempre um grande evento. Os usuários estão cheios de expectativas, especialmente os fãs da Apple que sempre esperam as notícias de Cupertino com grande ansiedade.

Agora que o Yosemite está na Mac App Store, disponível para download gratuito, podemos testar todas os recursos e ver quais são realmente úteis. Por fim, analisamos as novidades que mudam de verdade o dia a dia de quem usa um Mac.

Continuity: Mac e iPhone dividindo uma coisa só

Esta era uma das novidades mais esperadas. Trata-se da profunda integração entre Mac e iPhone, iPod e iPod touch, que permite a sincronização em tempo real das suas atividades no iOS 8 e no OS X Yosemite.

O que isso significa exatamente? Por exemplo, quando você recebe uma ligação ou uma mensagem no iPhone, também pode respondê-las no seu Mac. Inicialmente, eu não tinha claro a real utilidade desta opção. Mas resultou claríssima quando coloquei o iPhone para carregar na única parte da casa onde há cobertura 3G. Nesse momento, comecei a trabalhar com o Mac e o telefone tocou. Em vez de me levantar e utilizar o telefone com o cabo de carga conectado em um canto desconfortável do sofá, fui capaz de atender a ligação pelo Mac sentado confortavelmente na cadeira do escritório e usando meus fones de ouvido.

Atendendo ligações no Mac

O Continuity também permite começar a escrever um e-mail ou um documento de texto no seu Mac e continuar no iPad, ou vice-versa, porque cada dispositivo sabe exatamente o que os outros estão fazendo, permanecendo em constante sincronização.

Para que tudo isso aconteça, os aparelhos devem compartilhar o mesmo Apple ID e estar conectados à mesma rede wi-fi.

iCloud Drive já não é um lugar misterioso

O OS X Yosemite e o iOS 8 compartilham agora um iCloud revolucionado. E, vamos encarar esse fato: já era hora. Se antes o serviço era “fechado”, agora o iCloud Drive está alinhado com os produtos concorrentes. Isto significa que já aparece como uma pasta normal, que pode ser acessada por Macs, iPhones e iPads, e para a qual você também pode arrastar documentos para tê-los à disposição em qualquer lugar.

iCloud Drive no OS X Yosemite

Para ver todas as novidades que iCloud Drive traz e entender se é melhor ou pior que os seus dois concorrentes mais ferozes (Dropbox e Google Drive), confira nosso comparativo.

A Central de Notificações finalmente tem um significado

Sejamos claros: a Central de Notificações ameaçou seguir o caminho dos widgets do OS X. Esquecidos, maltratados, forçados a não ser incluídos, mas o fato é que praticamente nenhum usuário do Mac voltou a usá-la. Provavelmente, muitos nem sequer suspeitam da sua existência.

Notification Center era um para o OS X e outro para o iOS. Não estavam integrados. De vez em quando, você o executava por engano e, após um breve olhar perplexo, voltava a fazer o que estava fazendo. A Apple, no OS X Yosemite, renovou este instrumento negligenciado, e desta vez o tornou familiar e útil para muitos usuários.

Visão geral da Central de Notificações

A novidade mais atraente é a possibilidade de personalizá-lo com o… sim, com o widget! Para adicionar a guia Hoje (Today), basta clicar no botão Editar (Edit) na parte de baixo e, na coluna Items (Items), clicar no botão + ao lado do widget que deseja adicionar. Você também pode posicioná-los como quiser.

Centro notifiche aggiungi widget

De forma padrão, há apenas três disponíveis: Calculadora, Relógio Mundial e Social, com o qual você pode postar no Facebook, Twitter e LinkedIn e enviar mensagens com o Messages.

Os dois primeiros não são exatamente emocionantes. Raramente você verificará a hora em Melbourne ou Kinshasa, e os cálculos não animam. Mas o último pode ser um sucesso, porque todos nós usamos as redes sociais diariamente, e como você pode postar no Facebook ou Twitter sem ter que usar o navegador, a ferramenta se torna muito confortável. Além disso, a App Store contará com mais widgets a cada dia, incluindo os de terceiros, para todos os gostos.

Podemos, então, pensar em um futuro no qual todos os usuários do Mac terão uma Central de Notificações personalizada. Ali, cada um manterá as coisas que são realmente úteis para si. Mesmo porque, com a nova interface em janelas transparentes, a cor vai ser um pouco suavizada. Não tanto, mas um pouco.

Spotlight, o motor de pesquisa

O novo motor de busca “total” do OS X é muito bom.

Spotlight Search overview

O Spotlight sempre foi um carro-chefe do Mac, especialmente quando comparado com o seu homólogo no Windows (desconfortável e muitas vezes inútil). Os resultados da pesquisa, de fato, eram sempre precisos, bem organizados e coerentes com o que estávamos procurando.

No Yosemite, no entanto, o aplicativo deu um grande salto. Agora, o Spotlight (também inspirado por aplicativos de terceiros já disponíveis na App Store) faz pesquisas não apenas no Mac, mas também na internet (se apoia no Bing e não no Google, já que a relação entre Apple e Big G não é das melhores), na Wikipédia, na App Store, em lugares ao seu redor (por meio de mapas), no dicionário, entre outros.

Busca por Softonic no Spotlight

Isso facilita a busca de e-mails, conversas e informações sobre um determinado tópico. Por exemplo, se você trabalha com outras pessoas em um projeto, reunir todo o material disponível para ele é muito fácil. O Spotlight junta tudo: mensagens de e-mail, chat, arquivos enviados e recebidos, além de sites e informações.

Claro que, mesmo sendo um ótimo aplicativo, o Spotlight não pode se tornar o seu motor de busca principal, substituindo Safari, Firefox ou Chrome. No entanto, favorece a comunicação entre o conteúdo do seu Mac e da web. Nesse contexto, é um excelente motor de “busca global” e também é perfeito como buscador de apps. E a visualização economiza muito tempo. Em resumo: você amará o Spotlight em três cliques.

E-mail no ponto

A principal novidade quanto a e-mails é o Markup, uma ferramenta que permite escrever diretamente em anexos. Uma ideia que simplifica a vida do usuário do Mac porque resolve um problema diário para aqueles que usam muito o correio eletrônico. Para acessar a ferramenta, adicione um anexo a uma mensagem. Em seguida, coloque o mouse sobre ele e, no menu com a seta localizada no canto superior direito, escolha Markup.

Recurso Markup do novo OS X Yosemite

O anexo será aberto em um editor, com o qual você poderá adicionar formas, letras, notas e até mesmo a sua assinatura “à mão” por meio da câmera ou do trackpad (mas com esta ferramenta da Apple, você terá que trabalhar um pouco, pois identificamos que é difícil de ser usada de forma eficaz).

Edição de anexos com o Markup

Outra novidade é o Mail Drop, recurso que permite o envio de anexos pesados e grandes. Na prática, em vez de ser enviado via e-mail, eles são carregados no seu iCloud e entregues ao destinatário por meio de um link para download.

Tudo isso acontece automaticamente para que você não tenha que mudar nada: adicione o anexo à mensagem e, como sempre, faça o envio. Em resumo, é como ter o WeTransfer embutido no Mac.

Cada atualização, um passo mais

O OS X, com o passar do tempo, está se aproximando a passos de gigantes do iOS. Tanto que agora esta mesma interconexão tem um nome: Continuity.

Para os usuários da Apple isso é bom. Um ecossistema tão compacto torna a vida mais fácil. Por outro lado, se quiser optar por um “sistema misto”, com o Mac e os smartphones Android, nem tudo correrá tão bem. Mas a tendência da internet agora é isso.

Além disso, o Yosemite é uma atualização muito atraente para o OS X, o que muda para melhor a vida cotidiana de usuários do Mac e adapta cada vez mais o computador às nossas necessidades diárias.

[Artigo original em italiano]

Leia também

Carregando comentários