Assim é o Dark Ages, nova expansão do Plants vs Zombies 2

Ambientação medieval, novos zumbis e a volta da noite. Assim é a expansão mais esperada do PvZ 2, que experimentamos na feira de jogos E3.

Plants vs. Zombies 2, um dos games mais populares entre usuários do iOS e do Android, receberá uma grande expansão no fim de junho: a Dark Ages. Nela, descobriremos novos níveis, mais aliados e inimigos e poderes espetaculares. Um de nossos enviados à E3 2014, Daniel Barranger, teve o privilégio de ver algumas fases do jogo e conversar com seus responsáveis para conhecer alguns segredos do título.

Viagem à Idade Média

Começamos nossa apresentação do jogo falando com Adrien Yorozu, produtora do game, que falou um pouco mais sobre ele. “Os fãs estão curtindo mais o Plants vs Zombies 2 do que sua primeira parte. Assim, não pensamos em fazer outro game, já que o PvZ2 continua funcionando muito bem e optamos por uma expansão.”

A primeira característica que chama a atenção no Plants vs Zombies 2: Dark Ages é a ambientação na época medieval, com cenários que simulam casebres e castelos que remontam este período. E, obviamente, há zumbis vestidos como os personagens clássicos desta época histórica.

Ambientação de Plants vs Zombies 2: Dark Ages é completamente medieval

Cavaleiros, bobo da corte e outros zumbis

Os zumbis desta expansão não chamam atenção apenas pelo visual, mas também pelos novos poderes e habilidades. No nível que testamos, um dos últimos do Dark Ages, encontramos o Zumbi Cavaleiro. A versão endiabrada do temível zumbi com balde na cabeça é um dos inimigos mais difíceis de matar.

O Zumbi Bobo da corte é outro estreante da trupe medieval. A principal característica dele é rebater as sementes lançadas. Igual a um bumerangue, elas voltarão para nos machucar. Ao menos existem diversas maneiras de derrotá-lo. Mas não é facil.

Plants vs Zombies 2: Dark Ages traz novos zumbis para combater

Plantas na noite eterna

Além da estética medieval, Dark Ages tem outro extra importante: os níveis noturnos.

Nesta noite eterna, será mais importante do que nunca a colheita de sóis, assim como terá um peso especial uma nova planta aliada com a peculiaridade de gerar raios solares. Para ativar este poder, você deverá ter sofrido um dano. Quanto mais forte for, mais brilhará, sacrificando-se assim para ajudar às demais plantas.

Outra planta poderosa é a Hipnoshroom, que, ao ser alimentada, acaba se convertendo em uma criatura gigante que será o chicote de todo morto-vivo.

Sim, você adivinhou, todas estas novas aliadas são cogumelos, na realidade umas velhas conhecidas da franquia que apareceram no primeiro game. E se conhece o original, também saberá que a noite marcava presença no primeiro jogo. Logo, por que voltamos a mecânicas do passado?

A razão é muito simples, e sua produtora a reconheceu. “Recebemos críticas contrapostas dos fãs de Plants vs Zombies 2. Uns queriam que voltassem algumas ideias do primeiro jogo, e, outros, algo totalmente diferente; por isso, fizemos um título entre as duas ideias.” Em Dark Ages, combinam-se novidades com clássicos.

Cogumelos aliam-se as plantas para enterrar os zumbis

No celular ou tablet no fim de junho

O lançamento de Plants vs Zombies 2: Dark Ages está previsto para o fim do mês de junho de 2014 e será uma atualização totalmente grátis.

A PopCap avisa que o novo mundo contará com 10 fases. Muitas outras ideias e novidades só descobriremos ao jogá-lo.

Prepare-se para o lançamento de Dark Ages baixando o Plants vs Zombies 2 para iOS e Android ou jogando o outro título da saga, Garden Warfare.

Artigo escrito em colaboração com Daniel Barranger.

[Artigo original em espanhol]

Leia também:

Carregando comentários