Primeiras impressões do Battlefield Hardline

Battlefield Hardline foi o nome escolhido para o novo título da franquia de shooters que compete cada ano com o Call of Duty. O título só estará à venda no próximo dia 21 de outubro, mas tivemos acesso à beta para ver, em primeira mão.

Campo de batalha: o mundo do crime

Quando falamos do Battlefield, pensamos imediatamente em conflitos bélicos, soldados e armamento militar. No entanto, Battlefield Hardline destaca-se ao caminhar para outra direção: a do crime organizado. E isso porque, neste lançamento, os grupos serão policiais e criminosos. Os primeiros, com o objetivo de parar os segundos, e estes, por sua vez, com a intenção de conseguir dinheiro de formas ilegais e evitar ser capturados.

Novo Battlefield é sobre policial versus bandidos
No Battlefield Hardline, você terá de escolher ser um agente da lei ou um ladrão, servir e proteger ou infringir as regras em benefício próprio. Independentemente da sua escolha, você terá à sua disposição um completo modo multiplayer com várias modalidades de jogo, assim como um modo história no qual poderá experimentar a sensação de estar em um dos dois lados da lei.

É difícil comparar Battlefield Hardline com os títulos anteriores da franquia Battlefield ou com Call of Duty. Este Battlefield é mais próximo do Kane & Lynch ou Payday, protagonizados por ladrões profissionais, mesmo que tenham um componente de ação muito próximo ao do gênero bélico com o qual estamos acostumados no Battlefield.

De qualquer forma, depois de experimentar esta beta prévia à versão final do Battlefield Hardline, posso dizer que o jogo promete. Unir dois mundos repletos de violência, como o crime organizado e o gênero bélico, tem, necessariamente, que resultar em um game potente no qual você não pode se distrair. A versão beta inclui o modo multiplayer, que é o mais pedido pela maioria dos jogadores, e dois cenários a escolher. O objetivo? Roubar dinheiro, se você for da equipe criminosa, ou proteger as provas conseguidas, se for da polícia.

Missões são diferentes para cada grupo escolhido
No Battlefield Hardline, todos os elementos foram pensados para enriquecer a experiência de jogo: explosões, armas de longo alcance e grande potência de disparo, veículos armados, cordas… Tudo isso converte uma tranquila rua de uma grande cidade em um verdadeiro campo de batalha.

Claro, os gráficos estão à altura do esperado. No meu caso, ao experimentar Battlefield Hardline no PS4, tinha expectativas muito altas, e posso dizer que não me decepcionou. A sensação de caos é habitual neste tipo de jogo, e neste caso ainda há o incentivo de lutar em plena cidade.

Nova dinâmica, mesmo espírito

Battlefield Hardline seria uma estratégia da EA para rejuvenescer um gênero talvez esgotado? Se é assim, que seja bem-vinda. É certo que nem todo mundo vai gostar dele, em especial quem curte lutar em um campo de batalha, pilotar um tanque ou ver como as bombas caem no caminho percorrido. Além disso, Hardline não é uma grande revolução, pois a temática escolhida já apareceu em muitos outros jogos como o GTA ou, inclusive, o recente Watch Dogs. Mas não se pode negar que a mudança de cenário e de personagens podem animar os jogadores novatos e veteranos a experimentá-lo.

Meu principal medo? Dois cenários são pouco, mas a impressão que me dá é que o modo multiplayer do Battlefield Hardline pode ficar limitado pela dinâmica de jogo “capture a bandeira”, ilustrado neste caso pelos objetivos de conseguir dinheiro ou proteger as provas do crime.

Modo multiplayer do Battlefield Hardline tende a ser repetitivo
Seja como for, longe de me aventurar a dar um veredicto, o que pude conferir na beta do Battlefield Hardline foi um simples aperitivo de um prato que será muito apetecível num futuro não muito distante.

Experimente você mesmo

Como comentei no começo do artigo, Battlefield Hardline estará disponível no próximo dia 21 de outubro para PC, PS4, Xbox One, PS3 e Xbox 360. Se deseja experimentá-lo, é só se inscrever para testar a Beta do Battlefield Hardline, compatível com PC e PS4.

[Artigo original em espanhol]

Leia também

Carregando comentários