Watch Dogs: como hackear e usar a habilidade principal de Aiden

Ser um hacker mestre é imprescindível para jogar Watch Dogs e superar com sucesso todas as suas missões. Explicamos aqui como dominar esta habilidade.

Watch Dogs é um jogo de aventura e ação no qual Aiden, o protagonista, domina muitas habilidades, como condução, combate, uso de armas… Porém, o segredo para superar todos os desafios da aventura é aproveitar ao máximo o hackeamento, que Aiden controla a partir de seu telefone.

Se você compreender os mecanismos de hacking e souber aplicá-los a todas as ações, evitará muitos desgostos e desafios mal sucedidas. Hoje, repassamos os princípios do hackeamento deste jogo e suas possibilidades de uso.

Diferenças entre os dois modos de hackeamento

Hackear o Watch Dogs é tão fácil como pressionar o botão correspondente do controle. No entanto, nem todo hackeamento é igual, e devemos diferenciar seus dois níveis.

Hackeamento para rastrear perfis

Este tipo é ativado quando o botão de hackear é pressionado por alguns segundos. Com isso, você ativa um modo no qual Aiden pode ver todos os perfis dos habitantes de Chicago, além de conhecer os usos e costumes das pessoas ao redor. A função também detecta algo essencial: indivíduos que são seu objetivo.

Hackeamento para detectar perfis é essencial para progredir

Hackeamento de dispositivos

Este tipo exige apenas que se pressione levemente o botão correspondente. A opção aparece quando é possível piratear um dispositivo, como os semáforos ou as pontes de Chicago. Serve até para sabotar sistemas ou veículos.

A alternativa de hackeamento também está presente quando você ativa o rastreamento de perfis. Com ele ativado, você pode acessar mais dados dos habitantes de Chicago e escutar suas conversas ou baixar a música que toca nos celulares deles.

Hackeamento de dispositivo pode ser usado em carros ou sistemas

Sistema de câmeras de segurança ao seu favor

No Watch Dogs, Chicago é uma cidade teoricamente segura, com câmeras de segurança praticamente em cada esquina. Com um simples toque no botão hackeamento, você também pode acessar a visão dos vigilantes eletrônicos.

Hackear por meio de câmeras de segurança da ctOS oferece muitas vantagens, como aumentar o alcance da visão no cenário e acessar dispositivos que você não veria normalmente.

A vantagem é que, enquanto você estiver no modo câmera de segurança, está completamente seguro e pode detectar e marcar seus objetivos com total discrição. Assim, acabar com eles será muito mais simples e não levantará suspeitas.

Use o modo de visão de câmeras de segurança sempre que puder, já que ele não exclui a possibilidade de poder realizar outras ações (como fofocar com moradores de Chicago e esvaziar a carteira deles). Você também pode pular para a câmera de segurança mais próxima do circuito, detectando elementos que, de outra forma, seria impossível fazê-lo.

Câmeras de segurança ajudam a marcar objetivos com discrição

Use o hackeamento para evitar o confronto direto

Como dizia, o hackeamento é ideal para detectar inimigos e começar a caçá-los. Se não tiver armas, hackear dispositivos próximos é o caminho ideal para se livrar dos objetivos a eliminar. Por exemplo, você pode ativar dispositivos que explodem perto do inimigo, provocando uma morte segura sem sujar as mãos. Isso sim, mas não abuse destas opções, já que, com frequência, só é possível ativá-las uma vez. Espere que o inimigo esteja próximo do dispositivo e, então, acione-o.

O hackeamento contra inimigos não é só uma arma ofensiva, mas também defensiva. Você pode interceptar determinados dispositivos próximos (celulares, rádios e outros aparatos eletrônicos) e ativá-los para distrair seus inimigos ou para que se afastem. Assim, você poderá passar por uma certa zona sem problemas. Este mecanismo é fundamental nas fases que exigem movimentos silenciosos; se não o utilizar, é possível que você seja detectado com facilidade.

Hackear dispositivos dos inimigos facilita o combate

Evite a polícia com suas armas de hacker

No Watch Dogs, ao contrário de jogos como o GTA V, é fácil a polícia suspeitar de você e querer prendê-lo. Basta você roubar um carro para a polícia de Chicago começar a perseguição… isso se você não agredir alguém acidentalmente!

No entanto, graças às suas habilidades de hacker, você pode evitar perseguições policiais ou fazer com que, ao menos, durem pouco, saindo delas vitorioso.

No primeiro caso, para prevenir perseguições, é preciso interceptar a chamada de aviso antes do tempo. Quando você comete um delito em Chicago, não demora muito para que um habitante da cidade chame a polícia via celular. Se você comprou a habilidade de cortar ligações telefônicas (uma das primeiras a serem desbloqueadas no jogo), poderá encontrar a pessoa que faz a ligação e cortar a comunicação dela com a polícia.

No entanto, fazer isso exige muita rapidez. É provável que, quando você se der conta, a polícia já tenha sido avisada. Neste caso, pegue seu carro ou roube o que estiver mais próximo e comece a correr.

Quando a polícia perseguir você, aproveite para manipular os semáforos. Você gerará certo caos nos cruzamentos e deixará a polícia distraída. Durante essas perseguições, aproveite também para hackear pontes. Quando passar por uma, faça o hackeamento dela imediatamente para os carros de patrulha não tenham tempo de atravessá-la.

Você poderá frustrar os planos da polícia de jeitos muito mais elaborados. Mas os métodos clássicos nunca falham.

Hackeie a cidade para impedir o avanço da polícia numa perseguição

Utilize o hackeamento apenas por diversão

O hackeamento é a arma mais potente para acompanhar você durante suas incursões no Watch Dogs, mas também serve para ações secundárias e, nem por isso, menos importantes. A ideia, aqui, é se divertir com o game.

Se você estiver precisando de dinheiro, basta ativar o modo de rastreamento e buscar pessoas que possa roubar. Realize esta ação e, em seguida, acesse qualquer caixa eletrônico da cidade para transferir o capital à sua conta bancária.

Rastreando a população de Chicago, você também descobrirá seus vícios e misérias. Se tem um lado voyeur, ficará encantado de conhecer os segredos que escondem os habitantes da cidade que parecem ser os mais inofensivos. Além disso, também é possível espiar suas conversas telefônicas.

Sente falta de um pouco de caos? Então use o hackeamento para provocar pequenas explosões que assustem as pessoas e boicotar certos elementos da cidade. Você não ganha nada com isso, mas pode dar muitas risadas se sentir falta da loucura no estilo Saints Row.

Provoque o caos em Watch Dogs por diversão

Lembre de olhar a bateria

Neste artigo, demos vários conselhos para hackear a cidade e os adversários, mas você não deve se esquecer de algo: Aiden hackeia Chicago graças ao seu smartphone, e a bateria deste dispositivo não é infinita. Assim, tenha sempre presente o nível da bateria de seu telefone.

Algumas ações simples, como fazer rastreamentos, quase não gastam bateria. Outras, como hackear semáforos ou pontes, ao contrário, reduzem-na consideravelmente. Logo, use estas opções apenas quando realmente precisar delas.

De qualquer forma, lembre-se de que, nos períodos entre missões, sempre é possível acessar seu esconderijo, no qual você poderá carregar seu telefone móvel. Além disso, entre as habilidades à venda, há uma que dá ao seu telefone linhas de bateria adicionais. Minha recomendação é que seja uma das primeiras coisas a se obter no jogo.

Bateria do celular sempre cheia é fundamental no jogo

Curta o prazer da descoberta

Mesmo que os mecanismos de hackeamento do Watch Dogs estejam limitados pela bateria e por certas restrições (que vão sumindo à medida que você avança e compra novas habilidades), o título oferece muita liberdade já nas primeiras missões para que você explore as ruas de Chicago ao máximo e descubra segredos, extras e missões secundárias.

Minha última recomendação é que você saboreie o Watch Dogs. Se descobrir mais usos da habilidade de hackeamento, lembre-se de contá-los para a gente aqui nos comentários.

Quer saber mais sobre o Watch Dogs? Leia nossa análise.

[Artigo original em espanhol]

Leia também:

Carregando comentários